ANÚNCIOS AUTOMÁTICOS

Inscreva-se no meu canal

LIÇÃO 09 - O REINADO DE JOÁS


LIÇÃO - 09 - O REINADO DE JOÁS

Texto Áureo: “Não te desamparem a benignidade e a fidelidade; ata-as ao teu pescoço; escreve-as na tábua do teu coração e acharás graça e bom entendimento aos olhos de Deus e dos homens.”  (Pv 3.3,4)
Leitura Bíblica em Classe: 2 Reis 11.1-3; 12.1-5,17-21

Introdução: Como espírito que somos, estamos num corpo provisório de carne, mas é no espírito que está o princípio inteligente que nós, nos identificamos e nos desenvolvemos. Sem o espírito seríamos como os animais, que ao morrerem tudo acaba, ao contrário de nós, que ao morrermos só morre o corpo físico, mas o corpo espiritual não morre, pois somos espíritos imortais. É pelo espírito que recebemos os conhecimentos das escrituras, pois elas não foram escritas para o homem físico e sim para o homem espírito. Ao receber a palavra em nosso coração passamos e devemos desenvolver um caráter piedoso, o qual também deve ser munido de misericórdia e verdade, que são os ornamentos da nossa vida. A obediência à Palavra de Deus pode acrescentar anos à nossa vida e vida aos nossos anos e gozarmos da condição prazerosa que o Senhor nos proporciona. Nesse estudo vemos que Deus agiu para que Joás chegasse ao trono de Davi, e por longos anos viveu uma vida prazerosa enquanto foi reto aos olhos do Senhor, até que cedeu às tentações trocando Deus pelo Diabo. E assim como muitos que caem da graça do Senhor, Joás seguiu o mesmo caminho sofrendo o juízo divino. Horrenda coisa é cair nas mãos do Deus Vivo. 

1. DEUS AGIU PARA O LIVRAMENTO DE JOÁS FRUSTRANDO OS PLANOS DO DIABO.
2 Reis 11.1 - Vendo, pois, Atalia, mãe de Acazias, que seu filho era morto, levantou-se e destruiu toda a descendência real. 2 Reis 11.2 - Mas Jeoseba, filha do rei Jeorão, irmã de Acazias, tomou a Joás, filho de Acazias, e o furtou dentre os filhos do rei, aos quais matavam, e o pôs, a ele e à sua ama, na recâmara, e o escondeu de Atalia, e assim não o mataram. 2 Reis 11.3 - E Jeoseba o teve escondido na Casa do Senhor por seis anos; e Atalia reinava sobre a terra.
Atália, filha de Acabe, rei de Israel e de Jezabel sua mulher. Atália foi uma mulher inescrupulosa como era sua mãe Jezabel e mostrou-se ardorosa defensora do culto a Baal. Ficou viúva, e seu filho Acazias subiu ao trono. Dentro de um ano, Jeú assassinou Acazias, juntamente com Jorão, rei de Israel. Atália assassinou todos os seus netos, excetuando Joás, o qual foi salvo por sua tia Jeoseba que o ocultou por seis anos dessa maldade de Atália, a qual governou usurpando o trono de Davi. Ela não imaginava que havia sobrado um dos herdeiros que foi educado e treinado pelo sacerdote Joiada. Na realidade havia o inimigo oculto chamado Satanás, que a instigava a destruir a casa de Davi e cortar a sua linhagem, em desafio à promessa de Deus em perpetuá-la. Era a perseguição que Satanás fazia para destruir a semente da mulher, o qual Deus disse que ele, Satanás lhe feriria o calcanhar , mas Ele, Jesus lhe feriria a cabeça. Isto porque, Jesus tipificado como a semente da mulher viria como homem da linhagem de Davi. Satanás não sabia que esse que lhe derrotaria, se tratasse do próprio Jesus, mas entendia que seria alguém dotado de poder para vencê-lo. Nesse caso se ele, Satanás impedisse que esse ser nascesse, ele evitaria ser derrotado.
2. OS PLANOS DO DIABO ERA INTERROMPER A SEQUÊNCIA DA DINASTIA DAVÍDICA.
2 Reis 12.1 - No ano sétimo de Jeú, começou a reinar Joás e quarenta anos reinou em Jerusalém; e era o nome de sua mãe Zíbia, de Berseba. 2 Reis 12.2 - E fez Joás o que era reto aos olhos do SENHOR todos os dias em que o sacerdote Joiada o dirigia. 2 Reis 12.3 - Tão-somente os altos se não tiraram; porque ainda o povo sacrificava e queimava incenso nos altos.
Joiada o sumo sacerdote, apresentou Joás ao povo revelando que havia um herdeiro vivo com direito legal sobre o trono de Davi e com a aceitação do povo Coroou o jovem Joás como rei, destituindo assim a rainha usurpadora que aos gritos falava em traição. Seus gritos não tiveram efeito algum em comover a multidão e por ordem do sumo sacerdote ela foi removida dali para ser executada. Joás foi coroado ainda criança e o sumo sacerdote Joiada ficou como co-regente até que alcançasse a idade para assumir o reino diretamente. Ele fez o que era reto aos olhos do Senhor, e com isso o seu reinado prosperou com as bênçãos divinas.
3. COMO REI DESSA DINASTIA, ELE PROCUROU RESTAURAR A CASA DO SENHOR.
2 Reis 12.4 - E disse Joás aos sacerdotes: Todo o dinheiro das coisas santas que se trouxer à Casa do SENHOR, a saber, o dinheiro daquele que passa o arrolamento, o dinheiro de cada uma das pessoas, segundo a sua avaliação, e todo o dinheiro que trouxer cada um voluntariamente para a Casa do SENHOR, 2 Reis 12.5 - os sacerdotes o recebam, cada um dos seus conhecidos; e eles reparem as fendas da casa, segundo toda fenda que se achar nela.
Era a dinastia davídica que tinha as promessas de Deus e todos que faziam parte dessa dinastia seriam abençoados mantendo a sua fidelidade e obediência, como também uma adoração contínua ao Senhor. Com o apoio de todo o povo e tendo já destruído o altar de Baal, Joás se preocupou em trazer o povo para a adoração ao verdadeiro Deus e para isso investiu no templo com a voluntariedade de todo o povo que contribuiu com alegria para essa reforma. Joás fez isso também motivado pelo fato de que foi no templo o lugar onde passou seus seis anos de vida e essa grata lembrança mostrou-se zeloso em cuidar da casa de Deus.
4. QUEM DECLINA DO QUE É BOM E SE RENDE ANTE O INIMIGO CAIRÁ DA GRAÇA.
2 Reis 12.17 - Então, subiu Hazael, rei da Síria, e pelejou contra Gate, e a tomou; depois, Hazael resolveu marchar contra Jerusalém. 2 Reis 12.18 - Porém, Joás, rei de Judá, tomou todas as coisas santas que Josafá, e Jeorão, e Acazias, seus pais, reis de Judá, consagraram, como também todo o ouro que se achou nos tesouros da Casa do SENHOR e na casa do rei; e os mandou a Hazael, rei da Síria; e este, então, se retirou de Jerusalém. 2 Reis 12.19 - Ora, o mais dos atos de Joás e tudo quanto fez mais, porventura, não estão escritos no livro das Crônicas dos Reis de Judá?
Tudo ia bem no reinado de Joás, até que ele se apartou de Deus e se tornou um idólatra. Nesse caso não se poderia esperar outra coisa, senão a mão pesada do Senhor contra ele. A prosperidade do reino virou alvo de cobiça dos seus vizinhos, e não demorou para que Hazael rei da Síria afligisse tanto Judá com Israel tornando-os seus tributários. Joás deveria como rei levantar resistência contra Hazael, mas acovardou-se lhe dando utensílios consagrados e todo ouro encontrado para que fosse poupado das suas investidas. Como abandonou a Deus, perdeu a sua proteção, a honra de ser rei de Judá e empobreceu o seu reino. 
5. O RISCO DE CAIR DA GRAÇA É TER SEU DESTINO INDO PARA UM FIM TRÁGICO.
2 Reis 12.20 - E levantaram-se os seus servos, e conspiraram contra ele, e feriram Joás na casa de Milo, que desce para Sila. 2 Reis 12.21 - Porque Jozacar, filho de Simeate, e Jozabade, filho de Somer, seus servos, o feriram, e morreu; e o sepultaram com seus pais na Cidade de Davi; e Amazias, seu filho, reinou em seu lugar.
Com essa atitude covarde perdeu o respeito dos seus próprios servos que conspiraram contra ele, e o mataram. Essa foi a sua trajetória que, enquanto no espírito tudo ia bem, até quando se tornou carnal e tudo foi mau, chegando a um fim trágico.   Deus através de Joás exaltou a nação enquanto ele se manteve fiel e obediente a voz do Senhor, mas o pecado lançou a desgraça e a confusão em prejuízo de todo o povo. Após a sua morte o seu filho Amazias reinou em seu lugar com a aprovação do povo. Quem cai da graça de Deus e não se arrepende, não pode esperar outra coisa, senão a sua própria ruína.

Pastor Adilson Guilhermel