Translate

ESTEJA JUNTO COMIGO NESTA OBRA.

É importante apoiarmos iniciativas que contribuem para a propagação da Palavra de Deus. Esta obra, em particular, tem sido muito importante, pois visa dar subsídios da Lição Bíblica para a Escola Biblica Dominical. Sinto-me feliz em poder fazer a minha parte para ajudar esta obra a alcançar seus objetivos. Faça parte desta obra e ajude a espalhar a Palavra de Deus! Caso queira contribuir com uma oferta use PIX Cel. 997518304 . It is important that we support initiatives that contribute to the spread of the Word of God. This work, in particular, has been very important, as it aims to provide information on the Bible Lesson for the Sunday School. I feel happy to be able to do my part to help this work achieve its goals. Be part of this work and help spread the Word of God! If you want to contribute to an offer, use PIX Cel. 997518304 . https://www.paypal.com/donate/?hosted_button_id=NNAE7UM5Y5MDN

Contributions to this missionary work

ADSENSE

LIÇÃO 07 - O MINISTÉRIO DA IGREJA

LIÇÃO 07 - O MINISTÉRIO DA IGREJA

Texto Áureo: “E ele mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores.” (Ef 4.11)

Leitura Bíblica em Classe: Efésios 4.11-16

Introdução: Ministério é o serviço que os escolhidos por Cristo prestam a Igreja, cada um em formas diferentes, mas sempre com o objetivo da edificação do seu corpo. São cinco os ministérios, os quais devem ter necessariamente a chamada de Cristo, para estarem dentro da sua vontade soberana. Então fica entendido que a questão de ministério é com Cristo e, a questão dos dons espirituais é com o Espírito Santo. É o Espírito Santo que dá os dons espirituais para os que são separados para cada ministério. Cada ministério é importante à sua maneira, desde que numa forma organizada, onde cada um se prenda somente ao ministério que foi chamado. Os líderes da igreja são responsáveis por estabelecer a visão e a direção da igreja, garantindo o seu funcionamento de uma maneira eficaz. Não é de qualquer maneira que se assume um ministério, pois cada um deles exige, antes de assumir, uma preparação teológica para exercer tal ofício. Jesus não mandou nenhum leigo sair pregando o Evangelho, pois todos os que Ele chamou tiveram três anos de ensinamentos, para no pós-cruz darem continuidade ao seu ministério, no qual priorizou o ensino bíblico.

1. A COMPOSIÇÃO DOS EDIFICADORES DO CORPO DE CRISTO

Efésios 4.11 – E ele mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores,

O ministério quíntuplo deixou de ser quíntuplo, pois o ministério de Apóstolo encerrou-se quando o último deles morreu de morte natural, o qual foi João. Os demais morreram martirizados. Por que se encerrou esse ministério? Porque o ministério de apóstolo não é uma escolha do homem e sim uma escolha de Cristo. Quando os apóstolos resolveram por conta própria escolher e separar alguém para completar os doze no lugar de Judas, eles o fizeram sem consultar o Senhor, recorrendo ao Urim e Tumim lançando sortes para escolher um entre Barsabás e Matias, sendo que caiu a sorte sobre Matias. Foi uma separação usando o Urim e Tumim, ou seja, duas pedras, uma de cada cor, que eram usados pelos Sacerdotes da Antiga Aliança, portanto algo da lei, a qual já se havia tornado obsoleta. Tanto isso foi uma escolha precipitada e não aceita por Cristo, pois cabia a Ele fazer a escolha do décimo segundo apóstolo, o qual foi Paulo. O apóstolo tinha que ter estado com Jesus; ser uma testemunha da ressurreição; ter visto o Senhor; ter aprendido com Ele durante os três anos do seu ministério. Então esses que vemos em nossos tempos com o título de apóstolos tiveram essas qualificações? É óbvio que não; sendo assim nenhum deles na realidade é um apóstolo. Após a escolha malograda de Matias, nenhum deles se atreveu a separar alguém a Apóstolo.

Profeta — alguém que entregava mensagens de Deus em momentos apropriados, como foi o profeta Ágabo, que profetizou sobre a fome que viria sobre Jerusalém. É um ministério que foi muito imitado, onde surgiram vários oportunistas com profecias que não procediam de Deus. Em virtude disso, esse ministério ficou ligado aos demais ministérios, como o de Pastor; Evangelista e Mestre, que saibam manejar a palavra de Deus, a qual é a verdadeira profecia. Qualquer um desses que tem o dom da palavra do conhecimento e o dom da palavra da sabedoria, a qual é a revelação do conhecimento, pode ser reconhecido também como profeta.

Evangelista — o nome já diz, é um evangelizador que vai atrás de almas perdidas pelo mundo e não um pregador de multidões de crentes. Filipe foi um diácono que se tornou evangelista e foi para Samaria, onde Deus o usou de uma forma tremenda e de repente o envia para a estrada de Gaza para evangelizar somente uma pessoa, o eunuco.

Pastor — Deve ser alguém com muito conhecimento bíblico, com a função de apascentar a igreja, cuidando, instruindo. 1Pedro 5:2-7 apascentai o rebanho de Deus que está entre vós, tendo cuidado dele, não por força, mas voluntariamente; nem por torpe ganância, mas de ânimo pronto; nem como tendo domínio sobre a herança de Deus, mas servindo de exemplo ao rebanho.

Mestre — É alguém que possui um grande conhecimento das escrituras e que tem o dom de ensinar. A igreja que tem um Pastor Mestre deve agradecer a Deus por isso.

2. A RESPONSABILIDADE DE QUEM EDIFICA O CORPO DE CRISTO

Efésios 4.12 – querendo o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo, Efésios 4.13 – até que todos cheguemos à unidade da fé e ao conhecimento do Filho de Deus, a varão perfeito, à medida da estatura completa de Cristo, Efésios 4.14 – para que não sejamos mais meninos inconstantes, levados em roda por todo vento de doutrina, pelo engano dos homens que, com astúcia, enganam fraudulosamente.

Ninguém pode se julgar perfeito, pois ser perfeito não é um ato, mas sim, um processo realizado pelo doutrinamento bíblico em que é dado a igreja. A palavra aperfeiçoar significa corrigir, algo que não é um ato e sim um processo, pois ninguém neste plano terreno conseguirá atingir a perfeição, na qual só Cristo atingiu. Os apóstolos, profetas, evangelistas, pastores e mestres, nos primórdios da igreja, trabalharam nesse sentido equipando os cristãos para realizarem o trabalho do ministério, resultante na edificação do corpo de Cristo. Deus deu uma enorme responsabilidade a sua igreja, a qual é fazer discípulos em todas as nações. Nesse contexto isso envolve pregar, ensinar, administrar, edificar e outras séries de atividades. Essas atividades devem continuar até que objetivos sejam alcançados, o qual é chegar a unidade da fé. A maturidade espiritual é essencial para que a igreja não seja formada por meninos inconstantes, que não levam a sério os seus compromissos no reino de Deus. No meio cristão a muitos homens astuciosos travestidos de pastores que deturpam a palavra para levar vidas ao engano. São obreiros da iniquidade que enganam fraudulosamente para tirar proveitos de quem não busca o conhecimento verdadeiro.

3. O RESULTADO ESPERADO DE QUEM CUIDA DO CORPO DE CRISTO

Efésios 4.15 – Antes, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo, Efésios 4.16 – do qual todo o corpo, bem-ajustado e ligado pelo auxílio de todas as juntas, segundo ajusta operação de cada parte, faz o aumento do corpo, para sua edificação em amor.

Devem ser como crianças no sentido de não ter malícia em seu coração, sempre mantendo o seu testemunho a favor de Cristo e, nunca buscando aqueles que usam de trapaças e manipulações, o qual é uma prática dos falsos ensinadores. Devemos seguir a verdade em caridade, crescendo em tudo naquele que é a cabeça do corpo, o Senhor Jesus. Paulo disse: sede meus imitadores, como sou de Cristo, e nós devemos querer ser como Cristo, porque estamos sendo aperfeiçoados para quando formos para a glória atingirmos estatura do varão perfeito. Como seguidores de Cristo guiados pelo Espírito Santo, devemos estar comprometidos com a verdade, o qual é a palavra de Deus, com as nossas ações refletindo a integridade de Cristo. Sem Cristo, o qual é a cabeça, não poderia haver corpo, nem igreja. Somente a partir dele, a justa operação de cada parte do corpo, é o que provoca o crescimento. Este crescimento só acontece se a igreja levar a sério que Cristo é a cabeça do corpo, onde cada crente deve estar bem ajustado a Ele, promovendo um vínculo que mantém a igreja unida. Crentes de uma diversidade de origens, nações e línguas, formam todo o corpo em todo o mundo, aonde cada parte deve estar realizando o seu trabalho específico para o crescimento do reino espiritual do Senhor.

 

Pastor Adilson Guilhermel

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fale com o Pastor

Os subsídios de lições bíblicas são uma ferramenta valiosa que pode ajudar os professores a preparar e ministrar aulas mais eficazes. Ao escolher o subsídio mais adequado e usá-lo de forma criativa, você poderá ajudar seus alunos a crescer na fé e no conhecimento da Bíblia. Pastor Adilson Guilhermel

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

VISÃO MISSIONÁRIA