Translate

ESTEJA JUNTO COMIGO NESTA OBRA.

É importante apoiarmos iniciativas que contribuem para a propagação da Palavra de Deus. Esta obra, em particular, tem sido muito importante, pois visa dar subsídios da Lição Bíblica para a Escola Biblica Dominical. Sinto-me feliz em poder fazer a minha parte para ajudar esta obra a alcançar seus objetivos. Faça parte desta obra e ajude a espalhar a Palavra de Deus! Caso queira contribuir com uma oferta use PIX Cel. 997518304 . It is important that we support initiatives that contribute to the spread of the Word of God. This work, in particular, has been very important, as it aims to provide information on the Bible Lesson for the Sunday School. I feel happy to be able to do my part to help this work achieve its goals. Be part of this work and help spread the Word of God! If you want to contribute to an offer, use PIX Cel. 997518304 . https://www.paypal.com/donate/?hosted_button_id=NNAE7UM5Y5MDN

Contributions to this missionary work

LIÇÃO 08 - O AVIVAMENTO ESPIRITUAL NO MUNDO

 Lição 08: O AVIVAMENTO ESPIRITUAL NO MUNDO | 1° Trimestre de 2023 | EBD – ADULTOS 

Texto Áureo: “E mediu mais mil e era um ribeiro, que eu não podia atravessar, porque as águas eram profundas, águas que se deviam passar a nado, ribeiro pelo qual não se podia passar.” (Ez 47.5) 

Leitura Bíblica em Classe: Ezequiel 37.7-10; 47.1-5,9 

 

Introdução: Avivamento significa alguém convertido ao Senhor, que está vivo e ativo, como também firme e constante, e sempre abundante na obra do Senhor, sabendo que o seu trabalho não é vão no Senhor. Vivo nós estamos quando nos convertemos sendo ressuscitados com Cristo. Mas não basta estar vivo só nesse sentido, porque é necessário também estarmos avivados, o que significa tomar a cruz, como Cristo disse, e estar com a mão no arado, pois se assim não for, embora estejamos vivos por termos sido ressuscitados, na realidade estaremos como um morto no sentido espiritual. Aquele que não põe a mão no arado e não segue após mim, não pode ser meu discípulo, foi o que disse Jesus. Não espere avivamentos no sentido de igreja organização, porque o avivamento é individual e não confunda movimento com avivamento. No início da igreja, quando na descida do Espírito Santo, houve o primeiro avivamento, nos cento e vinte que estavam no cenáculo. Isso foi notório quando primeiramente Pedro realizou a primeira prédica, seguido depois com os demais que tinham recebido o Espírito Santo e por conseguinte o revestimento de poder. Na antiga aliança relata-se esporadicamente alguns movimentos que poderíamos classificar como pré-avivamento no sentido de nação, pois todos foram de curta duração, mas esses pré-avivamentos tipificam o avivamento final com todo Israel e Nações que escaparem salvas da grande tribulação. Sendo que isso só acontecerá quando Cristo iniciar o seu reino milenar.  

1. A RESSURREIÇÃO DE UMA NAÇÃO QUE RENASCERÁ SÓ NO MILÊNIO.  

Ezequiel 37.7- Então, profetizei como se me deu ordem; e houve um ruído, enquanto eu profetizava; e eis que se fez um rebuliço, e os ossos se juntaram, cada osso ao seu osso. Ezequiel 37.8- E olhei, e eis que vieram nervos sobre eles, e cresceu a carne, e estendeu-sua pele sobre eles por cima; mas não havia neles espírito. Ezequiel 37.9- E ele me disse: Profetiza ao espírito, profetiza, ó filho do homem, e dize ao espírito: Assim diz o Senhor Jeová: Vem dos quatro ventos, ó espírito, e assopra sobre estes mortos, para que vivam. Ezequiel 37.10- E profetizei como ele me deu ordem; então, o espírito entrou neles, e viveram e se puseram em pé, um exército grande em extrema. 

Querer forçar esta passagem para dizer que houve avivamentos no período da Antiga Aliança, na realidade são apenas conjecturas. Ou seja, significa deduzir que algo é provável, com base em presunções ou suposições sem, contudo, poder fazer uma afirmação embasada na palavra. Não podemos confundir movimentos espirituais com avivamentos espirituais, pois há uma gritante diferenciação entre estas duas colocações. Vários movimentos ocorreram entre os israelitas, digo movimentos pois eram atos esporádicos de curta duração, que não prosperavam. O que está em curso nesta profecia, não se limita a tempos passados na Antiga Aliança, como também na Nova Aliança, onde também ocorrem movimentos espirituais, mas não podemos confundir com avivamentos espirituais. Na Antiga Aliança vemos uma nação dividida entre Israel e Judá, sem rei, sem templo, ou seja, uma terra arrasada, que só voltou a se tornar uma nação em 1948 por uma resolução da ONU. O avivamento que nunca aconteceu no sentido de Nação, só irá acontecer quando Cristo assumir o seu reino após a grande tribulação. Isso não significa que nunca houve avivamentos, mas, no sentido como nação, podemos afirmar que não e, como igreja corpo, no sentido de todo o corpo também não, mas no sentido individual sim, tanto para os da Antiga Aliança como para os da Nova Aliança. Israel a figueira que floresceu em 1948, tomou forma, se reergueram novamente, mas ainda continuam mortos, até ao final da grande tribulação onde irá acontecer isso, e será quando Cristo se manifestar na epifania: Zacarias 12.10, Mas sobre a casa de Davi, e sobre os habitantes de Jerusalém, derramarei o espírito de graça e de súplicas; e olharão para aquele a quem traspassaram, e o prantearão como quem pranteia por seu filho único; e chorarão amargamente por ele, como se chora pelo primogênito. Fica claro que esta profecia bíblica não tem nada a haver com a igreja, pois o que podemos usar em relação a igreja, é que ela não siga os maus exemplos praticados pelo povo de Israel e Judá. Querer tirar dessa passagem outra coisa além do que isso, seria forçar o texto, e forçar o texto é coisa do homem e não de Deus.  

2.  A RESTAURAÇÃO DA NAÇÃO QUE SERÁ RECONSTRUÍDA NO MILÊNIO 

Ezequiel 47.1 – Depois disso, me fez voltar à entrada da casa, e eis que saíam umas águas de debaixo do umbral da casa, para o oriente; porque a face da casa olhava para o oriente, e as águas vinham de baixo, desde a banda direita da casa, da banda do sul do altar. Ezequiel 47.2- E ele me tirou pelo caminho da porta do norte e me fez dar uma volta pelo caminho de fora, até a porta exterior, pelo caminho que olha para o oriente; e eis que corriam umas águas desde a banda direita. Ezequiel 47.3- Saiu aquele homem para o oriente, tendo na mão um cordel de medir; e mediu mil côvados e me fez passar pelas águas, águas que me davam pelos tornozelos. Ezequiel 47.4- E mediu mais mil e me fez passar pelas águas, águas que me davam pelos joelhos; e mediu mais mil e me fez passar pelas águas, águas que me davam pelos lombos. Ezequiel 47.5- E mediu mais mil e era um ribeiro, que eu não podia atravessar, porque as águas eram profundas, águas que se deviam passar a nado, ribeiro pelo qual não se podia passar. Ezequiel 47.9 – E será que toda criatura vivente que vier por onde quer que entrarem esses dois ribeiros viverá, e haverá muitíssimo peixe; porque lá chegando essas águas e sararão, e viverá tudo por onde quer que entrar esse ribeiro. 

Esta profecia que fala das águas purificadoras, também não tem nada a haver com a Igreja, pois o cenário desta profecia envolve exclusivamente o reino milenar. Fora disso também é forçar o texto dentro do que o homem pensa, acha ou imagina sem qualquer base bíblica para isso. O cenário focado nessa passagem é o novo templo do milênio, digo novo templo, porque como sabemos os judeus com a anuência do anticristo irão construir um templo logo no início da grande tribulação, onde voltarão a praticar os cerimoniais da lei de Moisés. Porém nos meados da grande tribulação o anticristo erguerá uma estátua no átrio do Templo e o profanará com a sua presença. Quando isso ocorrer o povo de Israel vai entender que aquele, o qual se disfarçava de Cristo, era um falso personagem, e perceberão o quanto foram enganados. (E desde o tempo em que o sacrifício contínuo for tirado, e posta a abominação desoladora, haverá mil duzentos e noventa dias. Significa que o anticristo profanará o templo judaico reconstruído em Jerusalém, é dito também que o ele profanará o santuário e cessará o sacrifício contínuo e a partir daí começará a contar os últimos três anos e meio, ou mil duzentos e noventa dias Dn 12.11) Diante disso este templo não será o terceiro templo como dizem, pois se trata de uma reconstrução do conhecido templo de Salomão, como já aconteceu no retorno do povo judeu do cativeiro. Assim entendemos que o terceiro templo não será uma reconstrução do templo de Salomão, mas sim uma construção totalmente nova que será o templo de Cristo. Isso nos leva a entender que o templo reconstruído no início da grande tribulação será destruído, pois Cristo não vai aceitar um templo profanado pelo anticristo, daí então, já no seu reino milenar, o novo templo, o terceiro templo, que será o templo de Cristo é que será construído, totalmente purificado para ser um memorial sagrado e eterno. Assim a glória da segunda casa, não mais reconstruída, mas sim construída, será maior do que a primeira, pois não se trata do templo de Salomão, mas sim do templo de Cristo. Vemos que o planeta terra já vem sofrendo ao longo dos anos muita devastação tanto na flora, na fauna, nos oceanos, nos ares e isso se agravará sobremaneira no período da grande tribulação, onde estará totalmente afetada. Porém com Cristo reinando a palavra mostra que Ele irá fazer uma restauração e purificação de tudo, começando pela cura das águas dos rios e dos mares. Como a profecia diz nesse texto a cura acontecerá pelas águas que sairão do novo templo, ou seja, um pequeno córrego, o qual vai aumentando formando um rio que vai desaguar no mar morto tornando as suas águas potáveis e piscosas e que por meio de um canal aberto ao sul do mar morto até o mar vermelho seguindo para os demais oceanos. (E a serpente lançou da sua boca, atrás da mulher, água como um rio, para que pela corrente a fizesse arrebatar. E a terra ajudou a mulher; e a terra abriu a sua boca, e tragou o rio que o dragão lançara da sua boca. Apocalipse 12:15,16) Aqui a mulher (Israel) fugindo de Satanás pelo sul do mar morto, quando ele lançar um grande volume de água para deter o povo em fuga, abrir-se-á um canal para deter a água lançada e, que se estenderá até o mar vermelho.) É por aí que as águas purificadoras chegarão para também curar as águas dos oceanos e por conseguinte a fauna e a flora será totalmente restaurada. A Igreja não está inserida nesta profecia, pois ela envolve o reino físico do milênio, porém ela participará deste reino com Cristo, com corpos imateriais, ou seja, espíritos glorificados servindo ao Senhor no seu reinado.  

 

Pastor Adilson Guilhermel

SITE DE COMPRAS COM MUITAS OFERTAS      CLIQUE AQUI COMPRAS ONLINE 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fale com o Pastor

Os subsídios de lições bíblicas são uma ferramenta valiosa que pode ajudar os professores a preparar e ministrar aulas mais eficazes. Ao escolher o subsídio mais adequado e usá-lo de forma criativa, você poderá ajudar seus alunos a crescer na fé e no conhecimento da Bíblia. - Permita a exibição de anúncios no nosso site. Se você está usando um bloqueador de anúncios peço que desative, pois contamos com a publicidade para ajudar a financiar nosso site. Pastor Adilson Guilhermel

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

VISÃO MISSIONÁRIA


Faça sua busca aqui