EBD Esboços

Home         Agenda         EBD         Sermões         Contato
 

 Lição 5 - A Pia de Bronze Lugar de Purificação
Lições Bíblicas do 2° trimestre de 2019 - CPAD | Classe: Adultos | Data da Aula: 05 de Maio de 2019.
Texto Áureo: 'Vós já estais limpos pela palavra que vos tenho falado.” (Jo 15.3)
Leitura Bíblica em Classe: Êxodo 30.18-21; 40.30-32; 1 Coríntios 6.11; Efésios 5.26,27

Introdução: Durante os três anos Jesus ensinou a palavra aos seus discípulos, desse modo todas as suas instruções tinham produzido notável diferença entre eles. A palavra de Jesus operou a remoção de tudo que era grosseiro elevando-os a um grau elevado de pureza moral. Isso foi de grande importância, pois eram atributos de Cristo passados para a conduta dos seus discípulos e, eles deveriam ser seus imitadores na continuidade do Seu ministério, após a Cruz. Embora entre os seus seguidores fossem identificado os que realmente iriam dar frutos, ou seja, produziria com muita perseverança tudo àquilo que contribuiria para a propagação do Evangelho; como também os que não dariam frutos e seriam cortados e queimados. No corpo de Cristo existem crentes e crentes, mas os que não são em tempo oportuno serão lançados fora, pois Jesus disse: pelos frutos os conhecereis.
1. Não recuse a lavagem pela palavra, pois ela age na área contaminada da vida.
Êxodo 30.18 - Farás também uma pia de cobre com a sua base de cobre, para lavar; e a porás entre a tenda da congregação e o altar e deitarás água nela.
Todos os utensílios do Tabernáculo têm um simbolismo para os tempos que já se revelaram, como também para os nossos tempos. Essa bacia de bronze foi confeccionada com os espelhos das mulheres e servia para os sacerdotes se olharem no sentido de verificar se havia alguma sujeira nas suas vestes e também para lavarem as suas mãos antes de entrar no lugar santo. A função da bacia também aponta para o ministério da Palavra de Deus, a qual manejada na direção do Espírito Santo, opera a purificação expondo áreas de nossas vidas que não estão em conformidade com os preceitos divinos. A palavra é um espelho que reflete a nossa imagem interior revelando coisas, a qual devemos colocar em ordem para não sermos julgados. Quando nos submetemos e deixamos a Palavra nos lavar, nós experimentamos uma limpeza real. No altar de bronze o homem recebe a justificação de seus pecados, e na bacia de bronze o homem santifica-se diante do Senhor.
2. Só quem deixa ser lavado pela palavra experimentará uma limpeza verdadeira.
Êxodo 30.19 - E Arão e seus filhos nela lavarão as suas mãos e os seus pés. Êxodo 30.20 - Quando entrarem na tenda da congregação, lavar-se-ão com água, para que não morram, ou quando se chegarem ao altar para ministrar, para acender a oferta queimada ao Senhor. Êxodo 30.21 - Lavarão pois, as mãos e os pés, para que não morram; e isto lhes será por estatuto perpétuo, a ele e à sua semente nas suas gerações.
Os sacerdotes deveriam lavar as mãos e os pés na bacia antes de qualquer ministração. Não podia entrar no Santuário para qualquer serviço diante do Senhor sem passar pelo ritual de purificação na água da bacia de bronze. Isso nos mostra que nenhum serviço é aceitável ao Senhor sem que se tenha uma vida purificada. Para os sacerdotes levíticos qualquer violação desta ordem ocasionaria a morte dos mesmos. Na Igreja do Novo Testamento é visto muita negligência quanto a esse preceito, pois querer ministrar a Deus com a vida cheia de impureza é uma falta muito grave e que tem conseqüências, porque isso gera muitas mortes espirituais. “Por isso há entre vocês muitos fracos e doentes, e vários já dormiram. Mas, se nós tivéssemos o cuidado de examinar a nós mesmos, não receberíamos juízo” (1 Coríntios 11.30,31).
3. Quem serve a Deus precisa ter mãos e pés limpos para exercer o seu ofício.
Êxodo 40.30 - Pôs também a pia entre a tenda da congregação e o altar e derramou água nela, para lavar. Êxodo 40.31 - E Moisés, e Arão, e seus filhos, lavaram nela as mãos e os pés. Êxodo 40.32 - Quando entravam na tenda da congregação e quando chegavam ao altar, lavaram-se, como o Senhor ordenara a Moisés.
Quando se fala em mãos limpas, significa as ações que praticamos e quando se fala em pés, significa a nossa conduta, a qual deve ser exercida com toda retidão. Vemos que Moisés, mesmo não fazendo parte linhagem sacerdotal de Arão, também como representante direto de Deus tinha acesso ao lugar santo, após passar pelo ritual de purificação lavando as mãos e os pés na pia de bronze. As ações e a conduta desses homens de Deus tinham que estar aprovadas pelo Senhor para que eles pudessem prosseguir ao lugar santo a fim de exercerem serviços na mesa dos pães, no altar de incenso e no candelabro. Assim também as ações e conduta de todo aquele que serve a Deus tem que estar necessariamente aprovadas para que sejam aceitas pelo Senhor. Não se serve ao Senhor de qualquer maneira, pois todo o nosso serviço a Ele é condicional a nossa disciplina espiritual.
4. Quem adora a Deus tem o dever de estar purificado, santificado e justificado.
1 Coríntios 6.11 - E é o que alguns têm sido, mas haveis sido lavados, mas haveis sido santificados, mas haveis sido justificados em nome do Senhor Jesus e pelo Espírito do nosso Deus.
São três as condições que indicam uma transformação que todo cristão de verdade precisa ter para estar em progressão constante. A primeira é a purificação; o meio operante dessa purificação é a Palavra de Deus, que age como água lavando e removendo toda sujeira interior alojada em nossa alma. A segunda é a santificação; que é estarmos distanciados do pecado e usarmos o nosso corpo para a glória do Senhor Jesus Cristo. A terceira é a justificação; que dependeu de Cristo, o qual é o agente da nossa salvação. O Espírito Santo é o meio realizador de todo esse processo de transformação necessária para sermos verdadeiros cristãos e nessa condição temos a obrigação para com o Senhor de usar todo o nosso ser para o Seu serviço e a sua glória.
5. O cristão precisa de purificação constante e quem opera tudo isso é a Palavra.
Efésios 5.26 - para a santificar, purificando-a com a lavagem da água, pela palavra, Efésios 5.27 - para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível.
A igreja para desempenhar a sua missão no mundo precisa estar purificada. Após a nossa conversão foi operada uma limpeza inicial em nossas vidas e temos que manter essa limpeza diariamente através da ação da Palavra de Deus. Como igreja do Senhor temos que estar nos santificando, no purificando e nos consagrando através da lavagem da água pela Palavra. A água tem que ser usada para que nos tornemos limpos e, isso significa que não basta apenas ler e meditar na Palavra para isso acontecer. Isso porque os efeitos da verdade que a Palavra produz, deve ser aplicada em nossas vidas para que o seu poder purificador aconteça em nós. Como igreja do Senhor Jesus, não somos perfeitos, pois é possível ter crentes com máculas causadas por contaminação exterior, assim como rugas que vem da deterioração interior. Isso mostra a necessidade da igreja precisar estar sempre sendo purificada, pelo agente purificador que é a palavra de Deus.

Elaborado pelo Pastor Adilson Guilhermel

 
Quer ajudar a propagar esta obra? Clique no botão acima e faça uma doação.
 

ASSEMBLÉIA DE DEUS - Ministério Redenção -  Rua Frei Gaspar n° 3255 - Cidade Náutica São Vicente - São Paulo 
 Cultos: quarta, sexta e domingo a partir das 19h30. - Escola Dominical às 9h30
Sejam Bem-vindos. 
 
Contato com o Pastor Adilson