Escola Dominical - Esboços da EBD  

Pastor Adilson Guilhermel

Home     Agenda     Lições-Atuais    Sermões     Contato

4º Trimestre de 2016 - Lições Bíblicas Adultos
"O DEUS DE TODA PROVISÃO" 
 Esperança e sabedoria divina para a Igreja 
em meio às crises

Lição 6 - 6 de Novembro de 2016
DEUS: O NOSSO PROVEDOR
Texto Áureo: "E apareceu-lhe o SENHOR e disse: Não desças ao Egito. Habita na terra que eu te disser." (Gn 26.2)
Leitura Bíblica em Classe: Gênesis 26.1-6

Introdução: Deus é o nosso provedor, aquele que provê e que fornece o que é necessário tanto para a nossa vida física, como para a nossa vida espiritual. A bíblia diz: (Fui moço, e agora sou velho; mas nunca vi desamparado o justo, nem a sua semente a mendigar o pão. Salmos 37:25). Deus, o nosso provedor não desampara aquele que pratica e vive na sua justiça. Haverá em algumas ocasiões períodos em que enfrentaremos situações de crises, mas elas não vêm para fugirmos ou nos desesperarmos e sim para tirarmos grandes lições para a nossa vida e termos mais confiança nesse Deus que cuida de nós. Se não passássemos por provações jamais alcançaríamos experiências necessárias para o nosso crescimento espiritual. Isso deve ser ensinado a todos que professam a fé cristã, para que saibam como se comportar nos momentos de adversidade, pois nenhum cristão está livre disso.

1. SEMPRE ENFRENTAREMOS CRISES, MAS EXISTE UM DEUS PROVEDOR.
Gênesis 26.1 - E havia fome na terra, além da primeira fome, que foi nos dias de Abraão; por isso, foi-se Isaque a Abimeleque, rei dos filisteus, em Gerar.
A intenção de Isaque ao enfrentar o problema da fome se transformou em atitude e assim decidiu ir para Gerar, a capital dos filisteus, e buscar ajuda de Abimeleque que reinava naquele lugar. Viajaram cerca de cento e dez quilômetros para chegar a Gerar embora tivessem sido tentados a buscar ajuda no Egito como havia feito Abraão. Ninguém está livre de passar por crises e, é nesse momento que a nossa fé é provada, sendo que Deus nos permite passar por provas para extrair o que há de melhor em nós e assim elevar a nossa fé e espiritualidade. Uma coisa que não podemos deixar passar despercebido ao enfrentarmos crises é que Satanás também age nesses momentos para extrair o que há de pior em nós para que sejamos derrotados. Quem confia totalmente no Senhor nunca será envergonhado nos dias de crises. Devemos confiar que o nosso Deus sabe o que está acontecendo conosco e isso indica que Ele não nos desampara nunca e cuida de nós diariamente. Na antiga aliança o cuidado de Deus com o povo de Israel foi notório e na nova aliança Jesus deu a garantia do seu cuidado para conosco. (Mateus 6.25 Por isso vos digo: Não andeis cuidadosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer ou pelo que haveis de beber; nem quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o mantimento, e o corpo mais do que o vestuário?).

2. O DEUS PROVEDOR TEM A DIREÇÃO CERTA EM NOSSAS DIFICULDADES.
Gênesis 26.2 - E apareceu-lhe o SENHOR e disse: Não desças ao Egito. Habita na terra que eu te disser;
Isaque e Rebeca se sentiram tentados a ir para o Egito, mas Deus que conhece os pensamentos dos homens agiu prontamente antes que repetissem o que fez Abraão. Apesar de Isaque ser um homem bom, ele não estava preparado para enfrentar grandes dificuldades, ao contrário de Abraão e posteriormente Jacó que reuniam essa condição. E como Deus conhece a nossa estrutura Ele procura sempre nos levar por caminhos a qual podemos suportar. Por isto Isaque foi impedido de ir ao Egito. A bíblia diz no Salmo 103.14, que Deus conhece a nossa estrutura e lembra que somos carne, isso significa que a nossa fragilidade e fraquezas a qual estamos sujeitos necessita do Seu amparo e direção. Quando Deus está no negócio a nossa garantia de sermos bem sucedidos é totalmente completa, porém se seguirmos nossos instintos estaremos amparados somente por um fio da sua misericórdia. O profeta Jeremias tinha entendimento sobre a importância de estar na direção divina quando disse: (Eu sei, ó Senhor, que não é do homem o seu caminho; nem do homem que caminha o dirigir os seus passos. Jeremias 10:23). Essa palavra apontava para os judeus que não davam ouvidos as advertências do profeta sobre o eminente cativeiro que se aproximava como também a destruição de Jerusalém. Como sabemos o Egito simboliza o mundo de pecado e não podemos fazer parte disso como diz a palavra: (Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele. 1 João 2:15).

3. AS BÊNÇÃOS DO DEUS PROVEDOR SÃO GARANTIDAS NA SUA PALAVRA.
Gênesis 26.3 - peregrina nesta terra, e serei contigo e te abençoarei; porque a ti e à tua semente darei todas estas terras e confirmarei o juramento que tenho jurado a Abraão, teu pai.
O juramento que Deus fez com Abraão, tinha a continuidade com Isaque e toda a sua posteridade. Deus sabendo que Isaque não tinha forças para enfrentar dificuldades promete estar com ele e abençoá-lo. Se Deus está conosco podemos ir a qualquer lugar ou ficar em qualquer lugar, porque estamos debaixo das suas bênçãos e da sua proteção. Diante das incertezas de Isaque, Deus renovou o seu concerto com ele, o que não foi preciso fazer constantemente com Abraão, pois Abraão era um exemplo de homem de fé. Quando a dúvida começa a invadir o nosso coração quanto as suas promessas precisamos nos lembrar dessa palavra: Números 23:19 Deus não é homem, para que minta; nem filho do homem, para que se arrependa; porventura diria ele, e não o faria? Ou falaria, e não o confirmaria? A nossa esperança deve ser mantida em qualquer circunstância que estivermos enfrentando, porque fiel é o que prometeu. Ainda que sejamos infiéis, Ele permanece fiel.

4. AS PROMESSAS DO DEUS PROVEDOR É PARA O PRESENTE E O FUTURO.
Gênesis 26.4 - E multiplicarei a tua semente como as estrelas dos céus e darei à tua semente todas estas terras. E em tua semente serão benditas todas as nações da terra,
Se quisermos viver pela fé precisamos frequentemente lembrar-nos das promessas pelas quais nos fomos chamados, onde estão incluídos também situações de sofrimento e autonegação. A nossa segurança nessa caminhada de fé envolve estar dentro da vontade de Deus. Quem não tem fé suficiente pode perguntar: como posso sair dessa situação? Porém aquele que vive pela fé sempre perguntará: o que posso aprender com essa situação? Não podemos crescer na fé fugindo das dificuldades, isto porque as provações para quem tem fé são didáticas como diz a palavra: (E não somente isto, mas também nos gloriamos nas tribulações; sabendo que a tribulação produz a paciência, E a paciência a experiência, e a experiência a esperança. Romanos 5:3,4). A promessa feita a Abraão era que seus descendentes se multiplicariam grandemente e que, um dia, tomariam posse de todas aquelas terras. Diante dessa promessa Isaque tinha o direito de estar na terra de Gerar, desde que contando com a aprovação divina. Deus abençoou Isaque e toda sua posteridade por amor a Abraão, assim como somos abençoados por amor a Jesus Cristo.

5. TODO LUGAR QUE O DEUS PROVEDOR NOS CONDUZ TEM A SUA GRAÇA
Gênesis 26.5 - porquanto Abraão obedeceu à minha voz e guardou o meu mandado, os meus preceitos, os meus estatutos e as minhas leis. Gênesis 26.6 - Assim, habitou Isaque em Gerar.
Abraão obedeceu a Deus em tudo chegando ao ápice dessa obediência quando cumpre o pedido divino para que sacrificasse o seu filho Isaque. Assim foi através da obediência à vontade de Deus, revelada na sua caminhada foi que Abraão obteve a aprovação divina recebendo todas as bênçãos prometidas. Isaque era obediente à voz do Senhor e assim abandona os pensamentos e intenções de ir ao Egito, estabelecendo-se em Gerar. Porém apesar de ser um homem espiritual e temente a Deus revelou falhas caindo na tentação de mentir quando negou ao Rei Abimeleque que Rebeca era sua esposa, dando a entender que ela era a sua irmã. Assim como Abraão foi envergonhado quando repreendido por Faraó ao mentir que Sara era sua irmã, também Isaque foi repreendido pelo rei Abimeleque por ter mentido que Rebeca era sua irmã. Nas duas situações houve a interversão divina, pois a linhagem pela qual viria a semente da mulher (o Messias), não poderia ser profanada. O cair é do homem, mas o levantar é de Deus, pois Ele conhece a nossa estrutura espiritual e sabe que somos falhos e erramos em determinadas situações. Apesar de algumas falhas, Isaque foi um grande exemplo de obediência, humildade e docilidade para com todos. Devemos crer sempre que Deus tem planos maiores para a nossa vida e, essa é uma razão muito forte porque Ele suporta as nossas fraquezas.

Elaborado pelo Pastor Adilson Guilhermel

Realizo essa obra com poucos recursos e preciso do seu apoio para mantê-la e expandi-la. Ajude-me a alcançar mais pessoas com a verdadeira sã doutrina!
 Gostaria de fazer uma doação? Clique no botão abaixo.

Contato com o Pastor Adilson