Home   Agenda   Escola Dominical   Estudos Bíblicos   Contato
Escola Dominical - Esboços da EBD

Lições do 1º Trimestre de 2014 - CPAD - Jovens e Adultos
  
 
UMA JORNADA DE FÉ
A formação do povo de Israel e sua herança espiritual

 

O LEGADO DE MOISÉS

Lição 13 - 30 de Março de 2014

Texto Áureo: - “Era Moisés da idade de cento e vinte anos quando morreu; os seus olhos nunca se escureceram, nem perdeu ele o seu vigor” (Dt 34.7).

Leitura Bíblica em Classe: Deuteronômio 34.10-12; Hebreus 11.23-29

 

O LEGADO DE MOISÉS É UM EXEMPLO A SER SEGUIDO

Introdução: A palavra legado tem alguns significados, porém no caso de Moisés estaremos nos atendo aos exemplos que ele deixou para todo o povo de Israel, como também para a Igreja do Nosso Senhor Jesus Cristo. Toda a vida de Moisés, desde o seu nascimento até a sua morte, nos dá exemplos importantes para a formação do nosso caráter e do nosso crescimento espiritual. A sua obediência a Deus, conduta, mansidão, espiritualidade e outras virtudes dão uma idoneidade extrema a esse líder, características essas as quais devemos imitar em nossa caminhada na obra de Deus. É com esses verdadeiros homens de Deus que adquirimos experiências importantes para o nosso crescimento na fé e o estreitamento da nossa comunhão com Deus. Dai a importância de estudarmos sobre a vida desses personagens bíblicos que nos deixaram grandes exemplos a serem seguidos.

1 - UM EXEMPLO DE UM SERVO FIEL COM INTIMIDADE NO SEU RELACIONAMENTO COM DEUS - Deuteronômio 34.10 - E nunca mais se levantou em Israel profeta algum como Moisés, a quem o Senhor conhecera face a face; - Êxodo 33.11 E falava o Senhor a Moisés face a face, como qualquer fala com o seu amigo; depois tornava-se ao arraial;

Moisés foi o líder e profeta que mais se destacou em toda a história de Israel alcançando uma admiração tão grande, que na sua morte o seu corpo foi escondido pelo Senhor, para que o povo não o idolatrasse no seu túmulo. Ele teve experiências sobrenatural mais do que qualquer outro cultivando uma intimidade ao ponto de conhecer e falar com Deus face a face, como também pode contemplar a glória de Deus de uma forma visível. Ele tinha acesso a Deus e falava com Ele, não somente em sonhos ou visões, mas também quando estava desperto. Deus se revelou a Moisés, com muita clareza e evidência tendo muitos particulares com ele. Ele falava como qualquer um fala com seu amigo, a quem ama, dando-lhe importantes conselhos de como conduzir aquele povo que se revelou como sendo de dura cerviz. Essa é uma intimidade que podemos cultivar e manter com o nosso Deus na pessoa do Espírito Santo, o qual nos proporciona essas condições quando o nosso coração é puro para que Ele tenha essa intimidade conosco.

2 - UM EXEMPLO DE UM SERVO OBEDIÊNTE COM OUSADIA PARA FAZER A VONTADE DE DEUS - Deuteronôio 34.11 “nem semelhante em todos os sinais e maravilhas, que o Senhor o enviou para fazer na terra do Egito, a Faraó, e a todos os seus servos, e a toda a sua terra;  E Moisés foi instruído em toda a ciência dos egípcios; e era poderoso em suas palavras e obras. Atos dos Apóstolos 7:22

Como instrumento de Deus Moisés foi usado em operações de maravilhas no Egito, como também vários milagres no deserto, diante de Israel, que serviram para demonstrar que tinha autoridade divina, a qual o povo deveria respeitar e segui-lo como um verdadeiro homem de Deus. Moisés era um homem de grande experiência e conhecimento secular que adquiriu no Egito, e isso envolvia negócios, administração e muito mais. Todo esse conhecimento aliado ao conhecimento espiritual era extremamente essencial na condução do povo desde a saída do Egito, até a sua longa peregrinação de quarenta anos pelo deserto. É importante que tenhamos experiências no mundo secular no sentido de conhecimento, mas não podemos nos valer só desse conhecimento, pois ele jamais nos completará. É preciso aliar toda experiência e conhecimento do mundo secular, com o conhecimento das coisas de Deus, a fim de não nos valermos somente do que é nosso e sim de tudo que procede do Deus que nós servimos.

3 - UM EXEMPLO DE UM SERVO CHEIO DE PODER MILAGROSO COMO INSTRUMENTO DE DEUS - Deuteronômio 34.12 - e em toda a mão forte e em todo o espanto grande que operou Moisés aos olhos de todo o Israel. - Foi este que os conduziu para fora, fazendo prodígios e sinais na terra do Egito, e no Mar Vermelho, e no deserto, por quarenta anos. Atos dos Apóstolos 7:36

Através da vida de Moisés observamos alguns aspectos em relação a Cristo. Entre esses aspectos vemos que no seu nascimento foi ameaçado de morte e acabou sendo protegido no Egito levado pela filha de Faraó, assim como Jesus ao nascer, seus pais o levaram ao Egito para se proteger da grande matança ordenada por Herodes. Ele abriu mão dos tesouros do Egito, tal como Jesus se tornou pobre para dar a muitos a riqueza da salvação. Moisés foi rejeitado pelo povo ao matar o egípcio tendo que fugir e no seu retorno foi acolhido como o seu libertador. Assim também Cristo veio para os seus e os seus o rejeitaram, sendo que só o reconhecerão quando não ocasião da sua segunda vinda no final da grande tribulação. Moisés era um homem manso, tal qual Jesus que era manso e humilde de coração. Moisés completou a missão que Deus lhe deu, assim como Jesus completou quando disse: está consumado. Moisés profetizou sobre Cristo e sua graça. Ele não só era um tipo de Cristo, como também falou sobre ele: Este é aquele que Moisés que disse aos filhos de Israel: O Senhor vosso Deus, vos levantará dentre vossos irmãos um profeta. Foi por meio dele que Deus anunciou previamente a Israel do grande profeta que viria ao mundo, o qual era o nosso Senhor Jesus Cristo. Para ser um instrumento cheio do Espírito Santo é necessário que sejamos imitadores de Cristo e ser um imitador de Cristo requer andar como Ele andou.

4 - O EXEMPLO DE PAIS PRUDENTES E DESTEMIDOS QUE O PROTEGERAM DA DESTRUIÇÃO - Hebreus 11.23 - Pela fé, Moisés, já nascido, foi escondido três meses por seus pais, porque viram que era um menino formoso; e não temeram o mandamento do rei. - Não podendo, porém, mais escondê-lo, tomou uma arca de juncos, e a revestiu com barro e betume; e, pondo nela o menino, a pôs nos juncos à margem do rio. Êxodo 2.3

A vida de Moisés dependeu de fé desde o começo quando ainda bebê. O que seria dele se não fosse a fé dos seus pais, os quais usaram de sabedoria, prudência e coragem para protegê-lo. Foi com grande risco pessoal que seus pais desobedeceram às ordens do Faraó, que determinou a morte de todos os filhos de pais hebreus. Eles não temeram o decreto do rei, pois confiaram em Deus e em sua fidelidade mantendo o seu filho escondido durante três meses. Usaram de uma estratégia sábia quando o colocaram num cesto betumado para flutuar no rio e chegar até o local onde a filha de Faraó se banhava. Tudo isso envolvia uma grande fé e a recompensa dessa fé veio quando sua mãe foi chamada para ser sua babá. Vemos aqui a importância da fé na criação e educação dos filhos e os resultados benéficos que ela produz na vida deles. Moisés herdou a fé dos seus pais e exercitou-a de tal maneira para ser um grande instrumento nas mãos do Senhor.

5 - O EXEMPLO DE FIDELIDADE COM DEUS DESPREZANDO A POSIÇÃO DE HONRA QUE TINHA - Hebreus 11.24 - Pela fé, Moisés, sendo já grande, recusou ser chamado filho da filha de Faraó, - O galardão da humildade e o temor do Senhor são riquezas, honra e vida. Provérbios 22:4

Moisés demonstrou uma grande virtude pela auto-negação pessoal em face do sofrimento. No palácio ele desfrutaria de todos os prazeres, porém escolheu as provações que iria enfrentar a partir dessa renúncia. Seria um sonho grandioso para muitos em ser chamado filho da filha de Faraó, em vez disso preferiu se ajuntar ao sofrimento do seu povo. Porém era um homem fiel a Deus e jamais voltaria as costas às necessidades do povo. Este é um exemplo de humildade e temor ao Senhor. Nós devemos reverenciar tanto a majestade divina com toda humildade e aos mandamentos da sua Palavra e a obediência aos seus preceitos para estarmos enquadrados nesse contexto. Onde houver o temor a Deus, haverá humildade. Assim obtemos uma vida longa neste mundo, como também as riquezas espirituais e honra na bondade de Deus, e as promessas e os privilégios sob a sua graça e por fim a vida eterna.   

6 - O EXEMPLO DE ESCOLHER OS VALORES CORRETOS E TAMBÉM TOMAR DECISÕES CORRETAS - Hebreus 11.25 - escolhendo, antes, ser maltratado com o povo de Deus do que por; um pouco de tempo, ter o gozo do pecado; - Para que vos não façais negligentes, mas sejais imitadores dos que pela fé e paciência herdam as promessas. Hebreus 6:12

Moisés entendia o que muitos não conseguem entender, que os prazeres deste mundo não se comparam com a glória e a eternidade que nos foi proposta. Para Moisés teria sido grave pecado permanecer em sua posição privilegiada no Egito, visto que Deus tinha uma missão especial para ele. Jesus disse que aquele que não tomar a sua cruz e segui-lo, não podem ser seu discípulo. O único caminho que nos proporciona chegar à herança dos céus é o caminho da fé e paciência. Essas são virtudes que devem estar implantadas em nossa alma, que resultam nas ações da nossa vida. Se esperarmos herdar como eles herdaram, precisamos segui-los no seu caminho de fé e paciência; e os que assim os seguirem no seu caminho irão alcançá-los no final e serão participantes da mesma bênção.

7 - O EXEMPLO DE FÉ NAS RECOMPENSAS FUTURAS DESPREZANDO O QUE É PASSAGEIRO - Hebreus 11.26 - tendo, por maiores riquezas, o vitupério de Cristo do que os tesouros do Egito; porque tinha em vista a recompensa. - Não atentando nós nas coisas que se vêem, mas nas que se não vêem; porque as que se vêem são temporais, e as que se não vêem são eternas. 2 Coríntios 4:18

Moisés não vacilou na sua escolha, muito pelo contrário, ele se posicionou na sua escolha e se não fosse assim teria permanecido paralisado em ponto neutro. Aos olhos carnais o que parece ser uma escolha errada, na realidade pelos olhos espirituais é a escolha acertada. Ou fazemos as escolhas no princípio da direção divina, ou mais tarde o arrependimento será amargoso. Na realidade aos olhos de todos eles trocou o certo pelo errado, mas o que parece errado estando na direção de Deus, é que é o certo. Qualquer aflição que venhamos a sofrer de modo algum se compara com a maravilha que Deus nos preparou. A nossa leve e momentânea tribulação produz para nós eternos peso de glória, acima de toda comparação. Para alguns a vida parece pesada e longa, penosa e tediosa; para outros, pela fé, a vida é leve e curta, como se fosse apenas um momento. O valor e o peso da coroa da glória são muito grandes para aquele que crê - excedendo todas as suas expressões e pensamentos. Iremos nos conformar e encontrar um alento a todo sofrimento quando percebemos que tudo isso é o caminho que nos prepara para desfrutar da glória futura. Pela fé vemos um Deus invisível e conseguimos ver um céu e um inferno invisíveis. Coisas visíveis são temporais e as invisíveis são eternas.   

8 - O EXEMPLO DE CONFIANÇA EM DEUS E NUNCA SE INTIMIDAR AS AMEAÇAS DO INIMIGO - Hebreus 11.27 - Pela fé, deixou o Egito, não temendo a ira do rei; porque ficou firme como vendo o invisível. - Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem. Hebreus 11:1

Moisés deixou o Egito e não olhou para traz, cortando todos os laços com aquele lugar. Ele não temeu a ira do rei e simplesmente foi embora. Quem decide por Cristo não pode mais estar comprometido com o mundo, pois quem assim procede não está comprometido com Deus. A fé envolve a obediência ativa, em vez de uma fé passiva em relação a Deus. Já esta fé ativa deve estar entrelaçada com uma obediência que envolve confiança plena no Deus que servimos, não sendo assim a nossa fé é morta. Sem o exercício da fé jamais chegaremos ao céu, pois ficaremos prostrados pelo caminho como grande parte do povo hebreu ficou prostrada pelo deserto sem chegar à terra prometida.

9 - O EXEMPLO DE CELEBRAR COM O POVO OS LIVRAMENTOS E PROTEÇÃO QUE DEUS FEZ - Hebreus 11.28 - Pela fé, celebrou a Páscoa e a aspersão do sangue, para que o destruidor dos primogênitos lhes não tocasse. - O Senhor é a minha força, e o meu cântico; ele me foi por salvação; este é o meu Deus, portanto lhe farei uma habitação; ele é o Deus de meu pai, por isso o exaltarei. Êxodo 15:2

Todos os feito de Deus devem ser celebrados e essa celebração de Moisés envolvia a recordação dos milagres e livramentos proporcionados pelo Senhor na libertação do Egito. Moisés celebrou a páscoa, assim como nós celebramos a ceia do Senhor, também para relembrar tudo o que Cristo nos fez para sermos libertos do pecado. Deus mostra a sua força contra os nossos inimigos e esta é uma razão de cantarmos cânticos de vitória todos os dias e procurar manter uma comunhão perfeita com Ele. Esta é uma forte razão que devemos manter a nossa casa espiritual como uma verdadeira morada de Deus.

10 - O EXEMPLO DE TESTIFICAR AS VITÓRIAS VINDAS ATRAVÉS DOS MILAGRES MOVIDOS PELA FÉ - Hebreus 11.29 - Pela fé, passaram o mar Vermelho, como por terra seca; o que intentando os egípcios, se afogaram. – Lançou no mar os carros de Faraó e o seu exército; e os seus escolhidos príncipes afogaram-se no Mar Vermelho. Êxodo 15:4

Moisés sempre teve confiança de que Deus os livraria e assim demonstraria ser fiel às suas promessas. Foi essa fé que lhes permitiu atravessar o mar Vermelho sob a sua liderança, pelo milagre da separação das águas. Os perseguidores egípcios não tinham tal fé e, por isso pereceram, ao tentar perseguir os israelitas. Assim vemos que todos os eventos do Êxodo se realizaram unicamente pela fé. Deus opera maravilhas para todos nós, estando acima do poder e fora do curso comum da natureza. Prodígios especialmente maravilhosos para nós, por quem são realizados, nós, que não somos merecedores e que temos poucos motivos para esperá-los. Seus milagres são as maravilhas do seu poder e da sua graça. Isso é um grande motivo pelo qual Ele deve ser adorado. Por isso tudo que tem fôlego louve ao Senhor.


 Obs: Esboço é elaborado exclusivamente pelo texto da (Leitura Bíblica em Classe).

Elaborado pelo Pastor Adilson Guilhermel - Th.M.
 
Se você sentir de colaborar com uma oferta use um dos meios abaixo.
Faça a sua doação por
um dos meios ao lado>
 
Banco Itaú  Agência 9184 
 Conta corrente  05524-3
 
 

O LEGADO DE MOISÉS

Lição 13 - 30 de Março de 2014

Texto Áureo: - “Era Moisés da idade de cento e vinte anos quando morreu; os seus olhos nunca se escureceram, nem perdeu ele o seu vigor” (Dt 34.7).

Leitura Bíblica em Classe: Deuteronômio 34.10-12; Hebreus 11.23-29

 

O LEGADO DE MOISÉS É UM EXEMPLO A SER SEGUIDO

 

1 - UM EXEMPLO DE UM SERVO FIEL COM INTIMIDADE NO SEU RELACIONAMENTO COM DEUS - Deuteronômio 34.10 - E nunca mais se levantou em Israel profeta algum como Moisés, a quem o Senhor conhecera face a face; - E falava o Senhor a Moisés face a face, como qualquer fala com o seu amigo; depois tornava-se ao arraial; Êxodo 33.11

2 - UM EXEMPLO DE UM SERVO OBEDIÊNTE COM OUSADIA PARA FAZER A VONTADE DE DEUS - Deuteronôio 34.11 “nem semelhante em todos os sinais e maravilhas, que o Senhor o enviou para fazer na terra do Egito, a Faraó, e a todos os seus servos, e a toda a sua terra;  E Moisés foi instruído em toda a ciência dos egípcios; e era poderoso em suas palavras e obras. Atos dos Apóstolos 7:22

3 - UM EXEMPLO DE UM SERVO CHEIO DE PODER MILAGROSO COMO INSTRUMENTO DE DEUS - Deuteronômio 34.12 - e em toda a mão forte e em todo o espanto grande que operou Moisés aos olhos de todo o Israel. - Foi este que os conduziu para fora, fazendo prodígios e sinais na terra do Egito, e no Mar Vermelho, e no deserto, por quarenta anos. Atos dos Apóstolos 7:36

4 - O EXEMPLO DE PAIS PRUDENTES E DESTEMIDOS QUE O PROTEGERAM DA DESTRUIÇÃO - Hebreus 11.23 - Pela fé, Moisés, já nascido, foi escondido três meses por seus pais, porque viram que era um menino formoso; e não temeram o mandamento do rei. - Não podendo, porém, mais escondê-lo, tomou uma arca de juncos, e a revestiu com barro e betume; e, pondo nela o menino, a pôs nos juncos à margem do rio. Êxodo 2.3

5 - O EXEMPLO DE FIDELIDADE COM DEUS DESPREZANDO A POSIÇÃO DE HONRA QUE TINHA - Hebreus 11.24 - Pela fé, Moisés, sendo já grande, recusou ser chamado filho da filha de Faraó, - O galardão da humildade e o temor do Senhor são riquezas, honra e vida. Provérbios 22:4  

6 - O EXEMPLO DE ESCOLHER OS VALORES CORRETOS E TAMBÉM TOMAR DECISÕES CORRETAS - Hebreus 11.25 - escolhendo, antes, ser maltratado com o povo de Deus do que por; um pouco de tempo, ter o gozo do pecado; - Para que vos não façais negligentes, mas sejais imitadores dos que pela fé e paciência herdam as promessas. Hebreus 6:12

7 - O EXEMPLO DE FÉ NAS RECOMPENSAS FUTURAS DESPREZANDO O QUE É PASSAGEIRO - Hebreus 11.26 - tendo, por maiores riquezas, o vitupério de Cristo do que os tesouros do Egito; porque tinha em vista a recompensa. - Não atentando nós nas coisas que se vêem, mas nas que se não vêem; porque as que se vêem são temporais, e as que se não vêem são eternas. 2 Coríntios 4:18  

8 - O EXEMPLO DE CONFIANÇA EM DEUS E NUNCA SE INTIMIDAR AS AMEAÇAS DO INIMIGO - Hebreus 11.27 - Pela fé, deixou o Egito, não temendo a ira do rei; porque ficou firme como vendo o invisível. - Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem. Hebreus 11:1

9 - O EXEMPLO DE CELEBRAR COM O POVO LIVRAMENTOS E PROTEÇÃO QUE DEUS REALIZOU - Hebreus 11.28 - Pela fé, celebrou a Páscoa e a aspersão do sangue, para que o destruidor dos primogênitos lhes não tocasse. - O Senhor é a minha força, e o meu cântico; ele me foi por salvação; este é o meu Deus, portanto lhe farei uma habitação; ele é o Deus de meu pai, por isso o exaltarei. Êxodo 15:2

10 - O EXEMPLO DE TESTIFICAR AS VITÓRIAS VINDAS ATRAVÉS DOS MILAGRES MOVIDOS PELA FÉ - Hebreus 11.29 - Pela fé, passaram o mar Vermelho, como por terra seca; o que intentando os egípcios, se afogaram. – Lançou no mar os carros de Faraó e o seu exército; e os seus escolhidos príncipes afogaram-se no Mar Vermelho. Êxodo 15:4

 
l