Home   Agenda   Escola Dominical   Estudos Bíblicos   Contato
Escola Dominical - Esboços da EBD

Lições do 1º Trimestre de 2014 - CPAD - Jovens e Adultos
  
 
UMA JORNADA DE FÉ
A formação do povo de Israel e sua herança espiritual
A CONSAGRAÇÃO DOS SACERDOTES
Lição 12 - 23 de Março de 2014
Texto Áureo: “E quase todas as coisas, segundo a lei, se purificam com sangue; e sem derramamento de sangue não há remissão” (Hb 9,22).
Leitura Bíblica em Classe: Êxodo 29.1-12

A CONSAGRAÇÃO DO SACERDOTE NA LEI E A DO MINISTRO NA GRAÇA

Introdução: A consagração do sacerdote envolvia a validação como um escolhido de Deus para o seu ofício. Os trajes usados por ordenação divina revelavam em cada peça que compunha a sua vestimenta, as características morais e necessárias para poder exercer o ofício como sacerdote. Mas não somente os trajes simbolizavam essas características, como também os rituais de purificação exigidos para ele estar em atividade com sacerdote. Isso vem mostrar como Deus é exigente com aquele que se envolve no serviço sagrado. Conclui-se que o serviço sagrado não pode ser exercido por qualquer um. Tudo que compõe a vestimenta do sacerdote do tempo da lei como também os rituais exigidos apontam para os ministros da dispensação da graça. O que temos observado é que muitos não dão a menor importância para essas condições exigidas por Deus, e se aventuram a usurpar uma função a qual não foi chamado por Deus. Quantos que se dizem ministros do Evangelho estão ostentando uma consagração forçada ou arranjada totalmente fora da direção do Senhor, em prejuízo das almas a qual se propõe em cuidar e muitos a explorar. Vemos uma infinidade de nomes de placas de supostas igrejas, onde grande parte dessas placas foram idealizadas por pessoas rebeldes, sem qualificação teológica e sem a chamada divina em prejuízo do Evangelho de Cristo. O problema é que muitos estão querendo ser o que não podem ser e sem qualquer escrúpulo buscam uma consagração forjada sem qualquer validade perante o Senhor. Esses são os falsos ministros a qual Jesus alertou a sua Igreja.

1 – SER CONSAGRADO EXIGE-SE SANTIDADE PARA EXERCER O OFÍCIO - Êxodo 29.1 - Isto é o que lhes hás de fazer, para os santificar, para que me administrem o sacerdócio: Toma um novilho, e dois carneiros sem mácula, = Porquanto está escrito: Sede santos, porque eu sou santo. 1 Pedro 1:16

Tudo que fazemos para Deus não pode ser feito de qualquer maneira. Deus é santo e para chegarmos a sua presença ou exercermos qualquer serviço ou principalmente se exercermos o ofício de ministrar é exigido uma vida de santidade completa. Isso era uma exigência divina para Arão e seus filhos, como também é uma exigência divina para todos os ministros do Evangelho em todos os cantos da terra. Quem exerce o ofício daquilo que é santo deve ter o cuidado de manter a sua vida nesse padrão exigido por Deus. Quem assim não procede está fazendo papel de tolo diante de uma tão grande nuvem de testemunhas que nos rodeiam e observam diuturnamente a nossa conduta. O fato de estarmos sob a graça divina é um grande favor que nos obrigam a sermos santos. A completa santidade deve ser o desejo e o dever de todo o cristão, principalmente aqueles que exercem a função de ministros do evangelho. Precisamos ser santos, e isso em toda a nossa maneira de viver, em todas as questões civis e religiosas, em todas as condições, em tempos favoráveis e em tempos de adversidades; em toda a nossa caminhada com amigos e inimigos; em todas as nossas atividades e negócios precisamos ser santos. O padrão a seguir é ser santo como Deus é santo. Precisamos imitá-lo, conscientes de que nunca vamos nos igualar a Ele.  

2 – SER CONSAGRADO EXIGE-SE QUE SE TENHA UMA VIDA INCORRUPTÍVEL - Êxodo 29.2 - e pão asmo, e bolos as mos amassados com azeite, e coscorões asmos untados com azeite; com flor de farinha de trigo os farás.= Convém também que tenha bom testemunho dos que estão de fora, para que não caia em afronta, e no laço do diabo. 1 Timóteo 3:7

Arão e seus filhos tinham que ter uma vida incorruptível para exercer o seu ofício sacerdotal, assim como todo ministro do evangelho também deve ter para fazer jus ao seu ofício. A bíblia diz que devemos nos alimpar do fermento velho, para que sejamos uma nova massa. Isso aponta para uma vida incorrupta em todos os sentidos e que apresente um bom testemunho diante de todos. O ministro deve ser idôneo, com sabedoria espiritual e experiência espiritual porque tem a responsabilidade de conduzir e cuidar do rebanho de Deus. Essa é uma forte razão a qual Deus escolhe pessoas qualificadas para exercerem o seu ofício na Igreja. Não é fácil exercer o ofício de ministro, porém ele se torna possível se o nosso caráter estiver de acordo com o ideal de Deus.

3 – SER CONSAGRADO EXIGE-SE QUE SE TENHA UMA VIDA SEM PECADOS - Êxodo 29.3 - E os porás num cesto e os trarás no cesto, com o novilho e os dois carneiros. = Se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e não há verdade em nós. 1 João 1:8

Arão e seus filhos tinham que oferecer sacrifícios pelos seus pecados para exercerem o seu ofício sacerdotal. Jamais poderiam exercer o seu ofício sem cumprir essa exigência divina. As dispensações podem ser diferentes, mas o Deus que nós servimos continua o mesmo e não é porque estamos na dispensação da graça que vamos fazer as coisas para Deus com a vida contaminada pelo pecado. O maior obstáculo da nossa caminhada é o pecado. O pecado não consiste apenas de atos desobedientes; pois ele também é um desejo de rebelião interior. O pecado também é uma rebelião a palavra de Deus a partir do princípio em que existe recusa em se sujeitar a ela. Um ministro que decide administrar a obra de modo independente fora dos preceitos bíblicos, não pode andar em comunhão com Deus. Como diz a palavra: andarão dois juntos se não estiverem de acordo. Deus nunca encobriu pecados de quem quer que seja, tanto no A.T. como em o N.T.; Deus pode zerar o registro das nossas transgressões, e é exatamente isso que Ele faz, mas Ele não muda as conseqüências das nossas transgressões.

4 – SER CONSAGRADO EXIGE-SE QUE SE TENHA UMA VIDA PURIFICADA - Êxodo 29.4 - Então, farás chegar Arão e seus filhos à porta da tenda da congregação e os lavarás com água; = De sorte que, se alguém se purificar destas coisas, será vaso para honra, santificado e idôneo para uso do Senhor, e preparado para toda a boa obra. 2 Timóteo 2:21

Arão e seus filhos sempre que fossem exercer as funções no tabernaculo deveria passar pelo ritual da lavagem corpórea, a qual significava a purificação para retirar todo tipo de corrupção alojado na alma. Para Deus usar um ministro como vaso de honra, ele deve estar vazio, limpo e disponível. É dessa maneira que Deus nos encherá e usará para sua glória. Mas se estivermos cheios de pecados, não podemos servi-lo nessas condições, dai, a necessidade de nos purificar através de confissão como diz a palavra: se confessarmos os nossos pecados, Ele é fiel e justo para nos perdoar, e o sangue de Cristo nos purifica de todo o pecado. Há muitos ministros do evangelho que são falsos, como também há os verdadeiros. É preciso ter discernimento espiritual para identificar aquele que serve e o que não serve ao Senhor.

5 – SER CONSAGRADO EXIGE-SE QUE CONSIDERE SEU OFÍCIO UMA HONRA - Êxodo 29.5 - depois, tomarás as vestes e vestirás a Arão da túnica, e do manto do éfode, e do éfode mesmo, e do peitoral; e o cingirás com o cinto de obra de artífice do éfode. = Esta é uma palavra fiel: se alguém deseja o episcopado, excelente obra deseja. 1 Timóteo 3:1

Arão e seus filhos foram honrados por serem escolhidos para exercerem esse ofício. Pela consagração estes escolhidos deveriam se entregar totalmente a serviço de Deus. Esses homens não se honravam a si mesmos por serem escolhidos para o ofício sacerdotal, mas eram honrados por Deus pelo fato de terem sido os escolhidos entre milhares. Assim todos os escolhidos por Deus para trabalhar na sua obra, eram separados para Deus, para serví-lo diretamente. O ministério é uma obra e pode ser reconhecido como uma excelente obra. Esse ofício é um dos maiores dons que Cristo conferiu à Igreja. O ofício de um ministro cristão é uma obra, que requer diligência e aplicação. Os ministros legítimos sempre olharão mais para o seu trabalho do que para a honra e os benefícios do seu ofício. Deve haver um desejo sincero em relação ao ofício por aqueles que desejam ocupá-lo; ficando bem entendido que para ocupar esse ofício é impreensindível que haja a chamada divina para isso. Para exercer esse ofício o ministro de estar devidamente qualificado em todo aspecto moral, e individual.

6 – SER CONSAGRADO EXIGE-SE SER DOTADO DE UM CARÁTER ÍNTEGRO - Êxodo 29.6 E a mitra porás sobre a sua cabeça; a coroa da santidade porás sobre a mitra; = Rogo-vos, pois, eu, o preso do Senhor, que andeis como é digno da vocação com que fostes chamados, Efésios 4:1

Arão e seus filhos deveriam ser irrepreensíveis na sua conduta para poderem exercer o seu ofício sacerdotal, isso simbolizado pela coroa de santidade a qual deveria usar. O ministro do evangelho deve-se mostrar a altura dos verdadeiros cristãos e viver a altura da sua profissão de fé e chamado. Precisa ter um andar digno, agradável e apropriado em relação as circunstâncias honrosas que a graça divina lhe proporcionou. Devem-se ajustar-se ao evangelho para o qual foram chamados e para a glória para qual foram chamados. Fomos chamados para o reino e a glória de Deus e devemos andar de forma condizente a esse reino.

7 – SER CONSAGRADO EXIGE-SE QUE SE TENHA UNÇÃO DO ESPÍRITO SANTO - Êxodo 29.7 - e tomarás o azeite da unção e o derramarás sobre a sua cabeça; assim, o ungirás. = E a unção que vós recebestes dele, fica em vós, e não tendes necessidade de que alguém vos ensine; mas, como a sua unção vos ensina todas as coisas, e é verdadeira, e não é mentira, como ela vos ensinou, assim nele permanecereis. 1 João 2:27

Arão e seus filhos ao receberem o azeite da unção sobre a cabeça indicariam a presença específica do Espírito Santo na vida deles, o que era necessário para exercerem o seu ofício sacerdotal. Quanto ao ministro do evangelho é exigido ser revestido com o Espírito Santo, não de uma forma específica, mas total e permanente. Antes de iniciarem o ofício como apóstolos do evangelho foram necessários que ficassem em Jerusalém até serem revestidos de poder pelo Espírito Santo. Somente a partir desse evento é que eles saíram pregando o evangelho. Assim todos os ministros do evangelho precisam ser revestidos desse poder para exercerem o seu ofício. O ministro que não é revestido desse poder e está exercendo atividades na obra nessas condições, é um falso ministro, como também as igrejas que o seu líder não está enquadrado nessas condições é uma falsa igreja. Quem não aceita o Espírito Santo como aquele que veio dar continuidade ao ministério de Cristo aqui na terra, na realidade é um herege.

8 – SER CONSAGRADO EXIGE-SE QUE SE TENHA UMA CONDUTA EXEMPLAR - Êxodo 29.8 - Depois farás chegar seus filhos, e lhes farás vestir túnicas = Em tudo te dá por exemplo de boas obras; na doutrina mostra incorrupção, gravidade, sinceridade, Tito 2:7

Arão e seus filhos receberam vestimentas apropriadas que simbolizavam o caráter e a conduta que deveriam demonstrar no seu ofício sacerdotal. Assim também um ministro do evangelho deve tirar a roupa de sepultamento e vestir a roupa da graça vivendo as coisas que são de cima e não as que estão na terra. É a nossa vestimenta interior que nos identifica verdadeiramente servos santos do Senhor, separados para o seu ministério. A melhor forma de um ministro pregar é por meio de sua vida, pois se ele não vive o que prega, certamente é um enganador. O ministro deve ser sempre exemplo em todas as coisas. Todas as virtudes que o ministro deseja ver em sua igreja devem ser cultivadas, primeiramente nele próprio. Aquele que não vive o que prega, é um hipócrita. É preciso ter o cuidado de praticar o que pregamos e de ser a mesma pessoa dentro e fora da igreja. A hipocrisia nas palavras ou na conduta de um ministro pode acabar com o seu ministério. Ninguém é perfeito, mas devemos nos esforçar para dar o melhor exemplo possível em tudo o que fazemos.

9 – SER CONSAGRADO EXIGE-SE ENTREGA TOTAL A SERVIÇO DE DEUS - Êxodo 29.9 - e os cingirás com o cinto, a Arão e a seus filhos, e lhes atarás as tiaras, para que tenham o sacerdócio por estatuto perpétuo, e sagrarás a Arão e a seus filhos. = Se alguém vier a mim, e não aborrecer a seu pai, e mãe, e mulher, e filhos, e irmãos, e irmãs, e ainda também a sua própria vida, não pode ser meu discípulo. Lucas 14:26 

Arão e seus filhos deveriam estar cingidos com cintos simbolizando uma vida firme na presença de Deus e um compromisso eterno com Ele. Para o ministro do evangelho indica a estabilidade no seu ofício como também a constância e perseverança na doutrina de Cristo tal qual ela é. Nada e ninguém, seja quem for, pode nos tirar ou desviar da carreira que nos foi proposta a qual aceitamos voluntariamente. Ser um ministro do evangelho envolve uma grande responsabilidade que deve ser levada a sério e também estar consciente do preço a ser pago. Em primeiro lugar, o nosso amor por Cristo de estar acima de todas as coisas, inclusive os nossos familiares. É preciso carregar a cruz diariamente com toda disposição, tanto na vergonha, no sofrimento e na entrega total a vontade de Deus. Significa morrer para si mesmo, para os nossos planos materiais e estar disposto a lhe servir conforme a sua direção.

10 – SER CONSAGRADO EXIGE-SE UMA VIDA LIMPA PARA O SEU OFÍCIO - Êxodo 29.10 - E farás chegar o novilho diante da tenda da congregação, e Arão e seus filhos porão as mãos sobre a cabeça do novilho; Êxodo 29.11 -e degolarás o novilho perante o Senhor à porta da tenda da congregação. Êxodo 29.12 - Depois, tomarás do sangue do novilho, e o porás com o teu dedo sobre as pontas do altar, e todo o sangue restante derramarás á base do altar. = Cheguemo-nos com verdadeiro coração, em inteira certeza de fé, tendo os corações purificados da má consciência, e o corpo lavado com água limpa, Hebreus 10:22

Arão e seus filhos deveriam fazer sacrifício como expiação pelos seus pecados. Isso era uma condição que eles deveriam praticar durante toda uma semana, para exercerem o ofício de sacerdotes. Eles não poderiam ministrar sem fazer esses rituais de expiação pelos pecados. O ministro do evangelho deve se preparar espiritualmente para ter comunhão com Deus. Para aproximar-mos de Deus é preciso ter um coração puro e uma consciência limpa, pois a comunhão com Deus exige pureza, porque Deus é luz e não há nele trevas nenhumas. Se descuidarmos da nossa pureza espiritual achando que não temos pecado, estaremos enganando-nos a nós mesmos. Um ministro que não cuida da sua vida espiritual está na verdade prejudicando a si mesmo, como também o povo que está sob a sua responsabilidade. É preciso lembrar que iremos prestar contas a Deus de tudo aquilo que praticamos ou fazemos. Deus é amor, mas também é fogo consumidor.

 

 


Obs: Esboço é elaborado exclusivamente pelo texto da (Leitura Bíblica em Classe).

Elaborado pelo Pastor Adilson Guilhermel - Th.M.
 
Se você sentir de colaborar com uma oferta use um dos meios abaixo.
Faça a sua doação por
um dos meios ao lado>
 
Banco Itaú  Agência 9184 
 Conta corrente  05524-3
 

A CONSAGRAÇÃO DOS SACERDOTES

Lição 12 - 23 de Março de 2014

TEXTO ÁUREO - “E quase todas as coisas, segundo a lei, se purificam com sangue; e sem derramamento de sangue não há remissão” (Hb 9,22).

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE - Êxodo 29.1-12

 

A CONSAGRAÇÃO DO SACERDOTE NA LEI E DO MINISTRO NA GRAÇA  

 

1 – SER CONSAGRADO EXIGE-SE SANTIDADE PARA EXERCER O OFÍCIO - Êxodo 29.1 - Isto é o que lhes hás de fazer, para os santificar, para que me administrem o sacerdócio: Toma um novilho, e dois carneiros sem mácula, = Porquanto está escrito: Sede santos, porque eu sou santo. 1 Pedro 1:16

2 – SER CONSAGRADO EXIGE-SE QUE SE TENHA UMA VIDA INCORRUPTÍVEL - Êxodo 29.2 - e pão asmo, e bolos as mos amassados com azeite, e coscorões asmos untados com azeite; com flor de farinha de trigo os farás.= Convém também que tenha bom testemunho dos que estão de fora, para que não caia em afronta, e no laço do diabo. 1 Timóteo 3:7

3 – SER CONSAGRADO EXIGE-SE QUE SE TENHA UMA VIDA SEM PECADOS - Êxodo 29.3 - E os porás num cesto e os trarás no cesto, com o novilho e os dois carneiros. = Se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e não há verdade em nós. 1 João 1:8

4 – SER CONSAGRADO EXIGE-SE QUE SE TENHA UMA VIDA PURIFICADA - Êxodo 29.4 - Então, farás chegar Arão e seus filhos à porta da tenda da congregação e os lavarás com água; = De sorte que, se alguém se purificar destas coisas, será vaso para honra, santificado e idôneo para uso do Senhor, e preparado para toda a boa obra. 2 Timóteo 2:21

5 – SER CONSAGRADO EXIGE-SE QUE CONSIDERE SEU OFÍCIO UMA HONRA - Êxodo 29.5 - depois, tomarás as vestes e vestirás a Arão da túnica, e do manto do éfode, e do éfode mesmo, e do peitoral; e o cingirás com o cinto de obra de artífice do éfode. = Esta é uma palavra fiel: se alguém deseja o episcopado, excelente obra deseja. 1 Timóteo 3:1

6 – SER CONSAGRADO EXIGE-SE SER DOTADO DE UM CARÁTER ÍNTEGRO - Êxodo 29.6 E a mitra porás sobre a sua cabeça; a coroa da santidade porás sobre a mitra; = Rogo-vos, pois, eu, o preso do Senhor, que andeis como é digno da vocação com que fostes chamados, Efésios 4:1

7 – SER CONSAGRADO EXIGE-SE QUE SE TENHA UNÇÃO DO ESPÍRITO SANTO - Êxodo 29.7 - e tomarás o azeite da unção e o derramarás sobre a sua cabeça; assim, o ungirás. = E a unção que vós recebestes dele, fica em vós, e não tendes necessidade de que alguém vos ensine; mas, como a sua unção vos ensina todas as coisas, e é verdadeira, e não é mentira, como ela vos ensinou, assim nele permanecereis. 1 João 2:27

8 – SER CONSAGRADO EXIGE-SE QUE SE TENHA UMA CONDUTA EXEMPLAR - Êxodo 29.8 - Depois farás chegar seus filhos, e lhes farás vestir túnicas = Em tudo te dá por exemplo de boas obras; na doutrina mostra incorrupção, gravidade, sinceridade, Tito 2:7

9 – SER CONSAGRADO EXIGE-SE ENTREGA TOTAL A SERVIÇO DE DEUS - Êxodo 29.9 - e os cingirás com o cinto, a Arão e a seus filhos, e lhes atarás as tiaras, para que tenham o sacerdócio por estatuto perpétuo, e sagrarás a Arão e a seus filhos. = Se alguém vier a mim, e não aborrecer a seu pai, e mãe, e mulher, e filhos, e irmãos, e irmãs, e ainda também a sua própria vida, não pode ser meu discípulo. Lucas 14:26 

10 – SER CONSAGRADO EXIGE-SE UMA VIDA LIMPA PARA O SEU OFÍCIO - Êxodo 29.10 - E farás chegar o novilho diante da tenda da congregação, e Arão e seus filhos porão as mãos sobre a cabeça do novilho; Êxodo 29.11 -e degolarás o novilho perante o Senhor à porta da tenda da congregação. Êxodo 29.12 - Depois, tomarás do sangue do novilho, e o porás com o teu dedo sobre as pontas do altar, e todo o sangue restante derramarás á base do altar. = Cheguemo-nos com verdadeiro coração, em inteira certeza de fé, tendo os corações purificados da má consciência, e o corpo lavado com água limpa, Hebreus 10:22

 
l