Home   Agenda   Escola Dominical   Estudos Bíblicos   Contato
Escola Dominical - Esboços da EBD

Lições do 1º Trimestre de 2014 - CPAD - Jovens e Adultos
  
 
UMA JORNADA DE FÉ
A formação do povo de Israel e sua herança espiritual

A TRAVESSIA DO MAR VERMELHO

Lição 5 - 2  fevereiro de 2014

Texto Áureo: Êxodo 15.2 O Senhor é a minha força e o meu cântico; ele me foi por salvação; este é o meu Deus.

Leitura Bíblica em Classe: Êxodo 14.15,19-26

 

LIÇÕES QUE APRENDEMOS COM O EVENTO DO MAR VERMELHO

Introdução: Sobre a travessia do Mar Vermelho todos conhecem a parte histórica deste maravilhoso e sobrenatural evento, no entanto não vamos ficar comentando aqui o que todos já sabem através da teologia histórica. O mais interessante aqui é tirar lições importantes para a edificação da nossa vida espiritual. Não precisamos ficar discutindo se o livramento dos hebreus se deu por um mar, lago ou riacho, o que importa é que Deus livrou o seu povo da nação predominante da época. O que para o Egito representou uma destruição terrível, para Israel o povo de Deus, foi um ritual milagroso na travessia do mar rumo ao destino que lhes fora determinado por Deus. Esse ato divino tão maravilhoso e magnífico serviu para apagar quaisquer dúvidas que os hebreus pudessem ter quanto a capacidade de Deus libertá-los. A contenda entre Deus e Faraó continuava se desenrolando, aonde Faraó com toda a sua obstinação mesmo diante dos reveses divinos vindos através das pragas, não foi o suficiente para que ele reconhecesse a sua pequenez diante do Deus vivo. Faraó na sua obstinação em perseguir o povo hebreu para escravizá-los novamente acabou subestimando o poder do Deus vivo que já havia causado grande destruição no Egito. Com o coração cheio de ódio não compreendeu que o mar aberto por um poder sobrenatural também poderia se fechar a qualquer momento, e foi isso exatamente o que aconteceu quando mandou grande parte do seu exército seguir o mesmo caminho aberto por Deus. Isso resultou no afogamento de todo o seu exército com o fechamento das águas. Vede agora que eu, eu o sou, e mais nenhum deus há além de mim; eu mato, e eu faço viver; eu firo, e eu saro, e ninguém há que escape da minha mão. Deuteronômio 32:39

I. QUEM TEM DEUS DEVE CONFIAR QUE ELE NUNCA VAI NOS DESAMPARAR

1. Ficar só nas orações medrosas não resolve o que resolve é dar passos de fé - Êxodo 14.15 Então disse o Senhor a Moisés: Por que clamas a mim? Dize aos filhos de Israel que marchem. - Hebreus 11:6 Ora, sem fé é impossível agradar-lhe; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam.

Um clamor sem fé impregnado de sentimentos de medo, cheio de dúvidas e desconfianças e ainda com pessoas rodeando com vários queixumes e murmurações, com certeza se tornará um grito vazio desprovido de qualquer ação. Isso é algo repreensível pelo Senhor, pois é uma condição declinante da qual não se chegará a lugar algum. Quem anda pela visão e não pela fé não consegue discernir que nos momentos de perigo a atitude do crente evitar se desesperar, pois fé e medo não podem habitar o mesmo coração; se cremos em Deus não precisamos ter medo. Quem não levanta os olhos  para Deus pela fé quando vem às adversidades, sempre será tomado por sentimentos de temor, com forte tendência a retroceder ao antigo cativeiro. A fúria de Satanás é quando um pecador se converte se libertando das suas garras. Quando isso acontece ele vai perseguir usando de vários meios para tentar escravizá-lo de novo. Nenhuma força maligna pode impedir a marcha do povo de Deus. Somente o pecado e a desobediência podem surgir como impedimento. A fé vem pelo ouvir, o ouvir da Palavra de Deus. A fé sem ação é morta, daí a necessidade dela ser verbalizada para o crer, e quando cremos veremos a glória de Deus.  

2. É preciso vencer os medos confiando sempre na providência e proteção divina - Êxodo 14.19 E o anjo de Deus, que ia diante do exército de Israel, se retirou, e ia atrás deles; também a coluna de nuvem se retirou de diante deles, e se pôs atrás deles. - Salmos 37:5 Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e ele o fará.

Em nenhum momento Deus deixou de estar presente naquele evento. Durante toda a noite, Deus manteve o exército de Faraó a certa distância envolvidos numa grande escuridão e com isso protegendo a travessia do povo hebreu iluminando o seu caminho. A obra do Senhor traz escuridão para o mundo e luz para o povo de Deus. O Faraó que mandou afogar os meninos judeus acabou colhendo o que plantou quando o seu exército foi afogado. As operações milagrosas divinas tem um lado escuro e obscuro contra o pecado e os pecadores, mas um lado brilhante e promissor para aqueles que verdadeiramente são os seus seguidores. Entrega o teu caminho ao Senhor que é o único meio da alma deixar de andar da escuridão e passar andar na luz. 

II. QUEM TEM DEUS NÃO DEVE SE DESESPERAR DIANTE DAS DIFICULDADES

I. Devemos nos aquietar completamente enquanto a presença divina se manifesta - Êxodo 14.20 E ia entre o campo dos egípcios e o campo de Israel; e a nuvem era trevas para aqueles, e para estes clareava a noite; de maneira que em toda a noite não se aproximou um do outro. - Salmos 46:10 Aquietai-vos, e sabei que eu sou Deus; serei exaltado entre os gentios; serei exaltado sobre a terra.

A luz e as trevas não podem caminhar juntas porque Deus sempre fez e faz separação. Essa separação será demonstrada quando a herança dos santos na luz se completar e a escuridão eterna para todos os pecadores. Deus separará os seus escolhidos que lhe são preciosos de todos os vis e hipócritas. Devemos confiar que o Senhor é lâmpada para os nossos pés e luz para os nossos caminhos. As divisões promovidas por Deus contra o inimigo sempre permitirá que ele venha sofrer horrores, ao passo que os seus seguidores desfrutarão sempre de sua paz e segurança.

2. O poder que abre caminhos difíceis não está em nossas mãos e sim nas de Deus - Êxodo 14.21 Então Moisés estendeu a sua mão sobre o mar, e o Senhor fez retirar o mar por um forte vento oriental toda aquela noite; e o mar tornou-se em seco, e as águas foram partidas. - Jeremias 32:27 Eis que eu sou o Senhor, o Deus de toda a carne; acaso haveria alguma coisa demasiado difícil para mim? 

Para o Deus do impossível não existe nada difícil para Ele. Quando Ele opera não existe poder algum que possa impedi-lo. Por trás de todo esse evento de salvação e libertação do povo hebreu havia algo de maiores proporções, que era estender a salvação não apenas para um povo específico, mas para todos os povos da terra através de Cristo. A travessia do Mar Vermelho é um exemplo da união do crente com Cristo, que acontece quando nos convertemos a Ele. Ilustra a morte para a antiga vida e a ressurreição para uma nova vida. E todos foram batizados em Moisés, na nuvem e no mar, 1 Coríntios 10:2. Isso aconteceu com o povo hebreu da mesma forma acontece conosco como está escrito: Ou não sabeis que todos quantos fomos batizados em Jesus Cristo fomos batizados na sua morte? Romanos 6:3. Assim ressurgimos como um novo homem: Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo. 2 Coríntios 5:17
3. É preciso confiar que nas dificuldades Deus pode abrir passagens onde não existem - Êxodo 14.22 E os filhos de Israel entraram pelo meio do mar em seco; e as águas foram-lhes como muro à sua direita e à sua esquerda. - Apocalipse 3:7 E ao anjo da igreja que está em Filadélfia escreve: Isto diz o que é santo, o que é verdadeiro, o que tem a chave de Davi; o que abre, e ninguém fecha; e fecha, e ninguém abre:

Sair da escravidão para a libertação pela travessia do mar a pé enxuto, deveria encorajá-los para a caminhada rumo a terra prometida. Quem se liberta do mundo e passa a seguir a Cristo não precisa temer em segui-lo para onde quer que Ele nos conduza. Onde Cristo nos guia pelo seu Espírito, Ele nos ilumina. Enquanto nos mantivermos em obediência dando ouvidos a sua voz mantendo-nos na sua direção, não nos faltarão seus consolos e proteção. Daí, é necessário confiar nele em meio as maiores dificuldades. Os seguidores de Cristo sempre encontrarão as portas abertas por Ele e ninguém pode fechar as portas que Ele nos abre.

III – QUEM TEM DEUS PODE CONTAR COM A SUA PROTEÇÃO E SEU CUIDADO

I. Se o inimigo perseguir a quem Deus protege, será destruído pela própria presunção - Êxodo 14.23 E os egípcios os seguiram, e entraram atrás deles todos os cavalos de Faraó, os seus carros e os seus cavaleiros, até ao meio do mar. - Êxodo 23:22 - Mas se diligentemente ouvires a sua voz, e fizeres tudo o que eu disser, então serei inimigo dos teus inimigos, e adversário dos teus adversários.

Só mentes embotadas e destituídas de entendimento, não percebem o quanto Deus faz por aqueles que lhe pertencem. O inimigo sempre esquece dos seus fracassos e sempre será um fracassado diante daquilo que pode fazer o Deus dos crentes. A destruição dos pecadores é provocada pela sua própria presunção, que os precipita sempre a derrota. A alegria dos ímpios é passageira pois confundidos e envergonhados serão todos aqueles que se levantam contra o povo de Deus. Deus sempre detém e deterá a violência daqueles que perseguem o seu povo. Muitos nunca se convencerão desse poder, até que lhes seja tarde demais. A pior coisa que alguém pode fazer é ser inimigo do povo de Deus, pois quem é inimigo do povo de Deus passa a ser ser seu inimigo e horrenda coisa é cair nas mãos do Deus vivo.

2. O Deus que vai adiante de nós tem o poder de confundir as ações do inimigo - Êxodo 14.24 E aconteceu que, na vigília daquela manhã, o Senhor, na coluna do fogo e da nuvem, viu o campo dos egípcios; e alvoroçou o campo dos egípcios. - Isaías 59:19 - Então temerão o nome do Senhor desde o poente, e a sua glória desde o nascente do sol; vindo o inimigo como uma corrente de águas, o Espírito do Senhor arvorará contra ele a sua bandeira.

O inimigo pode atormentar e se vangloriar achando que está vencendo a batalha, porém quando a sua luta é contra aqueles a qual Deus ama, não contarão vitória por muito tempo. Chegará o momento em que vão se perturbar e desfalecer diante das potentes mãos de Deus. Qualquer tentativa que os inimigos do povo de Deus possam fazer para perturbar a sua paz, eles serão confundidos e levados ao fracasso. Quando parece que tudo está perdido com o inimigo agindo de forma em que não vemos qualquer saída, sempre haverá um poder secreto imperceptível operado pelo Espírito Santo que arvorará contra ele a sua bandeira. Aquele que nos libertou, sempre nos libertará e livrará de qualquer dificuldade. Deus sempre se manifestará em favor da sua igreja até a consumação dos séculos.

3. É a mão de Deus que detém toda a violência dos que perseguem o seu povo - Êxodo 14.25 E tirou-lhes as rodas dos seus carros, e dificultosamente os governavam. Então disseram os egípcios: Fujamos da face de Israel, porque o Senhor por eles peleja contra os egípcios. - Isaías 41:11 - Eis que, envergonhados e confundidos serão todos os que se indignaram contra ti; tornar-se-ão em nada, e os que contenderem contigo, perecerão.

Quando o inimigo parece estar levando vantagem demonstrando um grande poderio, Deus intervém com o seu poder para neutralizar todas as suas vantagens. Diante da justiça e do poder de Deus o inimigo tornar-se-a em nada. Quando Deus se manifesta para lidar contra os seus inimigos soberbos, Ele os torna em nada, ou como aquilo que já passou, que fracassou. Todos os que se acham grandes demais e usam o seu poder para humilhar os outros, um dia se tornarão desprezíveis. Quem acha poderoso e que pode fazer qualquer coisa, não será capaz de fazer nada. Quem se julga importante no mundo como é observado no meio evangélico, principalmente como os neopentecostais, se tornarão meros números entre os perdidos.

4. Deus usou os mesmos meios que destruíram os inimigos para salvar o seu povo - Êxodo 14.26 E disse o Senhor a Moisés: Estende a tua mão sobre o mar, para que as águas tornem sobre os egípcios, sobre os seus carros e sobre os seus cavaleiros. - Salmos 68:20 O nosso Deus é o Deus da salvação; e a DEUS, o Senhor, pertencem os livramentos da morte.

Com toda a arrogância de Faraó e seus soldados que pensaram alcançar os hebreus, Deus simplesmente soprou, e as águas voltaram a seu lugar e afogaram o exército egípcio. Não há ninguém como o Senhor, pois nenhum outro ser no universo é glorificado em santidade, terrível em seus feitos gloriosos e que opera maravilhas. Deus não frustrará as expectativas daqueles que, por fé, o aceitarem como Deus. Assim como Ele fez a Israel ao libertá-lo do sofrimento escravizante do Egito para a liberdade, Ele quer fazer com todos aqueles que desejam serem libertos, pois se o Filho voz libertar, verdadeiramente sereis livres.
 
 Obs: Esboço é elaborado exclusivamente pelo texto da (Leitura Bíblica em Classe).

Elaborado pelo Pastor Adilson Guilhermel - Th.M.
 
Se você sentir de colaborar com uma oferta use um dos meios abaixo.
Faça a sua doação por
um dos meios ao lado>
 
Banco Itaú  Agência 9184 
 Conta corrente  05524-3
 

A TRAVESSIA DO MAR VERMELHO

Lição 5 - 2  fevereiro de 2014

Texto Áureo: Êxodo 15.2 O Senhor é a minha força e o meu cântico; ele me foi por salvação; este é o meu Deus.

Leitura Bíblica em Classe: Êxodo 14.15,19-26

 

LIÇÕES QUE APRENDEMOS COM O EVENTO DO MAR VERMELHO

 

I. QUEM TEM DEUS DEVE CONFIAR QUE ELE NUNCA VAI NOS DESAMPARAR

1. Ficar só nas orações medrosas não resolve o que resolve é dar passos de fé - Êxodo 14.15 Então disse o Senhor a Moisés: Por que clamas a mim? Dize aos filhos de Israel que marchem. - Hebreus 11:6 Ora, sem fé é impossível agradar-lhe; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam.

 

2. É preciso vencer os medos confiando sempre na providência e proteção divina - Êxodo 14.19 E o anjo de Deus, que ia diante do exército de Israel, se retirou, e ia atrás deles; também a coluna de nuvem se retirou de diante deles, e se pôs atrás deles. - Salmos 37:5 Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e ele o fará.

 

II. QUEM TEM DEUS NÃO DEVE SE DESESPERAR DIANTE DAS DIFICULDADES

I. Devemos nos aquietar completamente enquanto a presença divina se manifesta - Êxodo 14.20 E ia entre o campo dos egípcios e o campo de Israel; e a nuvem era trevas para aqueles, e para estes clareava a noite; de maneira que em toda a noite não se aproximou um do outro. - Salmos 46:10 Aquietai-vos, e sabei que eu sou Deus; serei exaltado entre os gentios; serei exaltado sobre a terra.

 

2. O poder que abre caminhos difíceis não está em nossas mãos e sim nas de Deus - Êxodo 14.21 Então Moisés estendeu a sua mão sobre o mar, e o Senhor fez retirar o mar por um forte vento oriental toda aquela noite; e o mar tornou-se em seco, e as águas foram partidas. - Jeremias 32:27 Eis que eu sou o Senhor, o Deus de toda a carne; acaso haveria alguma coisa demasiado difícil para mim? 

 
3. É preciso confiar que nas dificuldades Deus pode abrir passagens onde não existem - Êxodo 14.22 E os filhos de Israel entraram pelo meio do mar em seco; e as águas foram-lhes como muro à sua direita e à sua esquerda. - Apocalipse 3:7 E ao anjo da igreja que está em Filadélfia escreve: Isto diz o que é santo, o que é verdadeiro, o que tem a chave de Davi; o que abre, e ninguém fecha; e fecha, e ninguém abre:

 

III – QUEM TEM DEUS PODE CONTAR COM A SUA PROTEÇÃO E SEU CUIDADO

I. Se o inimigo perseguir a quem Deus protege, será destruído pela própria presunção - Êxodo 14.23 E os egípcios os seguiram, e entraram atrás deles todos os cavalos de Faraó, os seus carros e os seus cavaleiros, até ao meio do mar. - Êxodo 23:22 - Mas se diligentemente ouvires a sua voz, e fizeres tudo o que eu disser, então serei inimigo dos teus inimigos, e adversário dos teus adversários.

 

2. O Deus que vai adiante de nós tem o poder de confundir as ações do inimigo - Êxodo 14.24 E aconteceu que, na vigília daquela manhã, o Senhor, na coluna do fogo e da nuvem, viu o campo dos egípcios; e alvoroçou o campo dos egípcios. - Isaías 59:19 - Então temerão o nome do Senhor desde o poente, e a sua glória desde o nascente do sol; vindo o inimigo como uma corrente de águas, o Espírito do Senhor arvorará contra ele a sua bandeira.

 

3. É a mão de Deus que detém toda a violência dos que perseguem o seu povo - Êxodo 14.25 E tirou-lhes as rodas dos seus carros, e dificultosamente os governavam. Então disseram os egípcios: Fujamos da face de Israel, porque o Senhor por eles peleja contra os egípcios. - Isaías 41:11 - Eis que, envergonhados e confundidos serão todos os que se indignaram contra ti; tornar-se-ão em nada, e os que contenderem contigo, perecerão.

 

4. Deus usou os mesmos meios que destruíram os inimigos para salvar o seu povo - Êxodo 14.26 E disse o Senhor a Moisés: Estende a tua mão sobre o mar, para que as águas tornem sobre os egípcios, sobre os seus carros e sobre os seus cavaleiros. - Salmos 68:20 O nosso Deus é o Deus da salvação; e a DEUS, o Senhor, pertencem os livramentos da morte.

 
l