Home   Agenda   Escola Dominical   Estudos Bíblicos   Contato
Escola Dominical - Esboços da EBD

Lições do 3º Trimestre de 2013 - CPAD - Jovens e Adultos
  
 
 

Filipenses
A humildade de Cristo como exemplo para a Igreja



A ATUALIDADE DOS CONSELHOS PAULINOS
Lição 7 - 18 de agosto de 2013
Texto Áureo: Filipenses 3.1a Resta, irmãos meus, que vos regozijeis no Senhor.
Leitura Bíblica em Classe: Filipenses 3.1-10


CONSELHOS PAULINOS PARA REGOZIJARMOS SEMPRE NO SENHOR 

Introdução:
Seguindo pelo texto observamos que o apóstolo Paulo estava preso em Roma, quando na sua carta exortou os filipenses a se regozijarem por tudo que estavam passando; se Paulo fosse apenas um cristão comum certamente o teor da carta seria outro, mas acontece que Paulo não era apenas mais um cristão, ele era um cristão autêntico e ensina nessa carta que o crente deve ter um comportamento diferenciado quanto às provações que tenha que enfrentar. O cristão autêntico é consciente de que não há tréguas no combate contra o reino do mal e quem está nesse combate enfrenta constantemente vários tipos de situações adversas as quais se deve superar sem nunca murmurar ou reclamar. O cristão autêntico é aquele que encara todas essas coisas com regozijo, sabendo que realmente está produzindo para o reino de Deus. Paulo revela as várias dificuldades pela qual passou sem nunca ter esboçado qualquer tipo de reclamação ou murmuração quando diz: Em viagens muitas vezes, em perigos de rios, em perigos de salteadores, em perigos dos da minha nação, em perigos dos gentios, em perigos na cidade, em perigos no deserto, em perigos no mar, em perigos entre os falsos irmãos; 2 Coríntios 11:26. Esses são exemplos importantes para todos que costumam reclamar das provas que enfrentam, e, o conselho de Paulo é para que nos regozijemos diante dessas coisas, pois fazendo assim estamos mostrando o quanto é prazeroso servir ao Senhor em qualquer situação que tivermos que enfrentar. Meditemos no que o apóstolo disse: Por isso sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias por amor de Cristo. Porque quando estou fraco então sou forte. 2 Coríntios 12:10
1 - REGOZIJE NO SENHOR EM QUALQUER TIPO DE DIFICULDADE
- Filipenses 3.1 RESTA, irmãos meus, que vos regozijeis no Senhor. Não me aborreço de escrever-vos as mesmas coisas, e é segurança para vós.- Mas alegrai-vos no fato de serdes participantes das aflições de Cristo, para que também na revelação da sua glória vos regozijeis e alegreis. 1 Pedro 4:13
A alegria que Paulo exorta os filipenses, não é meramente uma emoção, mas uma característica do cristão. E um fruto produzido pela obra interior do Espírito Santo, que deve ser dinâmico em vez de estático. O nosso regozijo em hipótese alguma não pode ser afetado pelas circunstâncias, por mais que sejam adversas e dolorosas; aliás, essa alegria deve vir do resultado do sofrer por causa de Cristo (Regozijo-me agora no que padeço por vós, e na minha carne cumpro o resto das aflições de Cristo, pelo seu corpo, que é a igreja; Colossenses 1:24). O cristão não deve estranhar ou se admirar, diante da maldade e das perseguições do mundo, isto porque Jesus advertiu a respeito disso quando alertou que no mundo teríamos aflições. Os cristãos devem não somente ser pacientes, mas se regozijar em suas aflições por mais severas e dolorosas que sejam, porque tudo isso devemos entender que passamos pela causa de Cristo. Aqueles que se alegram nos seus sofrimentos por Cristo vão um dia se alegrar muito mais ao chegarem na eternidade com Ele.

2 - REGOZIJE NO SENHOR DEFENDENDO O EVANGELHO DA GRAÇA -
Filipenses 3.2 Guardai-vos dos cães, guardai-vos dos maus obreiros, guardai-vos da circuncisão; - Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram os profetas que foram antes de vós. Mateus 5:12
Paulo aqui adverte quanto aos maus obreiros que apresentam um caráter corrompido, com uma conduta repreensível e uma doutrina voltada as heresias e costumes. Todos aqueles que se envolvem com esse tipo de obreiros ou se deixam envolver, nunca terão verdadeiras experiências do que é viver o verdadeiro evangelho. A doutrina que eles procuravam incutir nos cristãos filipenses distorcia o evangelho pregado por Paulo, pois o que esses obreiros ensinavam tinha uma direção maligna, pois não envolvia lutas, dificuldades, provações, sofrimentos, ou seja, era um evangelho da facilidade e prosperidade imposto por homens com olhos cheios de ganância. Já o evangelho que Paulo pregava envolvia todo tipo de aflição, porém era o evangelho verdadeiro. Assim para que os filipenses não ficassem seduzidos por esse falso evangelho, Paulo os anima a superarem todas as dificuldades que passassem sempre regozijando no Senhor, porque é assim que deve se conduzir o autêntico cristão. O sofrer por Cristo não deve ser motivo de vergonha e sim de honra e prazer. Não que nós devemos nos orgulhar em nossos sofrimentos, pois isso seria uma ruína para nossa vida, mas devemos nos aprazer neles, sabendo que Cristo caminha conosco todos os dias, até a consumação dos séculos.

3 - REGOZIJE NO SENHOR SERVINDO AO REINO DIVINO NO ESPÍRITO -
Filipenses 3.3 Porque a circuncisão somos nós, que servimos a Deus em espírito, e nos gloriamos em Jesus Cristo, e não confiamos na carne. - Não servindo à vista, como para agradar aos homens, mas como servos de Cristo, fazendo de coração a vontade de Deus; Efésios 6:6
A Igreja é composta, primeiro, daqueles que adoram a Deus no espírito.   A verdadeira Igreja se compõe daqueles que se gloriam em Cristo Jesus. A Igreja é composta daqueles que não confiam na carne, isto é, nos privilégios externos.
Devemos deixar de confiar em nós mesmos, para podermos confiar apenas em Jesus Cristo, o eterno fundamento. Nossa confiança, bem como nossa alegria, deve ser totalmente devotada a Ele. Regozijar é cumprir nosso dever, tendo Cristo em mente, pois isso demonstra lealdade e aceitabilidade na sua obediência. Todo nosso serviço e empenho aos líderes deve ter em vista o Senhor, para que se torne um serviço aceitável a Ele. Se fizermos para agradar a líderes imbuídos de várias intenções, na realidade estamos fazendo sacrifício de tolos. Tudo que fizermos em prol do reino deve ser para Cristo lembrando que Ele nos vê e está sempre presente conosco.
4 - REGOZIJE POR CONHECER E CRER NA FORÇA DO PODER DE DEUS -
Filipenses 3.4 Ainda que também podia confiar na carne; se algum outro cuida que pode confiar na carne, ainda mais eu: - E qual a sobreexcelente grandeza do seu poder sobre nós, os que cremos, segundo a operação da força do seu poder, Efésios 1:19    
Paulo rejeita a falsa confiança que poderia ter em seus privilégios hereditários. Ele tinha tantos motivos para se jactar como qualquer outro judeu que galgou uma elevada posição religiosa. Ele podia orgulhar-se da sua relação com a Lei Mosaica que procurou cumpri-la fielmente até o seu inesperado e glorioso encontro com Cristo na estrada de Damasco quando teve uma conversão irrepreensível. No entanto ele dá pequena importância a essas coisas, em comparação com o seu interesse em Cristo e o seu chamado como vaso escolhido.
Paulo adquiriu uma fé suficiente sustentada pelo poder da graça que era absolutamente necessária para a sua caminhada no serviço do reino. Ele expressa como é desejável conhecer e experimentar o grande poder dessa graça na sua militância a serviço de Cristo. Com isso mostra o grande regozijo que tinha em estar participando também das aflições de Cristo, pois todos que querem viver piamente em Cristo hão de padecer perseguições.

 

5 - REGOZIJE POR TER SIDO CHAMADO ENTRE MUITOS ESCOLHIDOS - Filipenses 3.5 Circuncidado ao oitavo dia, da linhagem de Israel, da tribo de Benjamim, hebreu de hebreus; segundo a lei, fui fariseu; - Porque muitos são chamados, mas poucos escolhidos. Mateus 22:14
Paulo declara que pertencia a tribo de Benjamim, que deu a Israel o seu primeiro rei. Em contraste com os judeus que falavam o grego (helenistas), ele vinha de uma família que retivera os costumes hebreus e falava o hebreu (ou aramaico). Além desses privilégios herdados, havia questões que envolviam escolha pessoal. No seu relacionamento com a Lei ele era fariseu – um apaixonado adepto da mais estrita tradição religiosa entre os judeus. Toda essa paixão abnegada de Paulo foi transferida para Cristo no dia da sua conversão e o zelo que tinha pela lei, agora ele tinha pelo evangelho. Aos muitos que são chamados, se você deixar de lado todos aqueles, como os não escolhidos, que fazem pouco caso do serviço do reino, e abertamente preferem outras coisas a isso; e deixar de lado todos aqueles que professam a fé, mas cujo estado de espírito é enganoso e o teor de suas conversas são uma constante contradição aos que professam a verdade; e se você deixar de lado todos os profanos, e todos os hipócritas, você irá descobrir que são poucos, muito poucos, os que são escolhidos. Muitos se esquecem de que a porta é estreita, e o caminho estreito, que poucos são os que entram por ela.

6 - REGOZIJE POR TER SIDO LIBERTO DO TEMPO DA IGNORÂNCIA -
Filipenses 3.6 Segundo o zelo, perseguidor da igreja, segundo a justiça que há na lei, irrepreensível. - Mas Deus, não tendo em conta os tempos da ignorância, anuncia agora a todos os homens, e em todo o lugar, que se arrependam; Atos 17:30
Paulo na sua ignorância perseguia a Igreja de Cristo de uma forma terrível, achando que estava assim cumprindo a lei. Acontece que toda lei foi cumprida em Cristo e havia sido iniciada uma nova dispensação, ou seja, a dispensação da graça do Senhor. Somente no seu encontro inesperado com Cristo é que Paulo pode sair do seu tempo de ignorância e voltar-se totalmente para o serviço do Evangelho. O homem que era irrepreensível no cumprimento da lei, agora passou a ser irrepreensível no cumprimento do evangelho de Cristo. Se Deus levasse em conta o tempo da ignorância, ninguém seria salvo. O próprio Cristo na sua crucificação intercedeu ao Pai por aqueles que o levaram ao sacrifício dizendo ao Pai que eles não sabiam o que estavam fazendo. Isso é motivo de regozijo saber quanto o Senhor é misericordioso.

7 - REGOZIJE POR DESPREZAR O PASSADO PARA VIVER POR CRISTO -
Filipenses 3.7 Mas o que para mim era ganho reputei-o perda por Cristo. - Que, quanto ao trato passado, vos despojeis do velho homem, que se corrompe pelas concupiscências do engano; Efésios 4:22
Seja qual for o lucro que Paulo possa ter tido, ele os considerava como perda. Eles não tinham valor algum – eram até um impedimento – porque tinham de ser esquecidos. Paulo renunciou a todas as suas honras e vantagens, como judeu e fariseu, se se submeteu a todas as desgraças e sofrimentos que faziam parte do seu ministério de pregador do evangelho. Ao se envolver com o cristianismo arriscou tudo e sofreu a perda de todas as coisas pelos privilégios de ser um cristão. Tudo que esteja em concorrência com Cristo é completamente desprezível. A natureza do velho homem é de nascença; nós a trouxemos para o mundo conosco. Ela é tão ardilosa quanto um homem velho, e mesmo em todos os santos de Deus quando na conversão ela deve morrer completamente assim como expressou Paulo: não vivo mais eu, mas Cristo vive em mim. Se Cristo não estiver presente em todo o tempo em nossas vidas, então é que o velho homem ressurgiu com toda força. Porém se você sente Cristo presente em tua vida regozije-se, pois estás sendo salvo.

8 - REGOZIJE POR COMPREENDER QUE NADA É MELHOR QUE CRISTO -
Filipenses 3.8 E, na verdade, tenho também por perda todas as coisas, pela excelência do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; pelo qual sofri a perda de todas estas coisas, e as considero como escória, para que possa ganhar a Cristo, - Porque, que aproveita ao homem granjear o mundo todo, perdendo-se ou prejudicando-se a si mesmo? Lucas 9:25
Todo o nosso passado comparado com o valor do conhecimento espiritual é realmente algo deplorável. O problema é que se o homem não se converter a Cristo, jamais vai ter esse entendimento. O maior regozijo é ser um salvo em Cristo e essa salvação deve ser vigiada e preservada a cada dia para que não venhamos a perdê-la. O crente que não se compromete com o reino, e vive obcecado com riqueza, honra e prazer do mundo que é oferecido pelo evangelho da prosperidade, na realidade está negando a Cristo e com isso correndo o grande risco de perder a sua própria alma. Se a persistência em ficar focalizado nisso continuar é certo que não está no caminho estreito. Com isso acha que está ganhando e na realidade está perdendo todas as bênçãos divinas, e sujeitas a penalidade que um dia será executado por Cristo.

9 - REGOZIJE POR TER ALCANÇADO FÉ PARA TER A JUSTIÇA DE DEUS -
Filipenses 3.9 E seja achado nele, não tendo a minha justiça que vem da lei, mas a que vem pela fé em Cristo, a saber, a justiça que vem de Deus pela fé; - TENDO sido, pois, justificados pela fé, temos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo; Romanos 5:1 
Paulo se regozijava em desprezar todas as aquisições pessoais para ser encontrado em Cristo. Sabia que se não fosse alcançado por essa justiça estaria aniquilado, assim como todos os que não alcançam. A justiça divina vem através de Cristo e só podem ser beneficiados por ela aqueles que se desvencilham do seu eu e se dispõem a crer nele como único e suficiente salvador. Que ninguém pense que práticas exteriores e boas obras são capazes de expiar as más obras e ter algum privilégio com Deus. É o pecado que produz a hostilidade entre Deus e nós. O Deus santo e justo, não pode estar em paz com um pecador enquanto ele continuar sob a culpa do pecado sem arrependimento. Só é justificado quem quer alcançar essa justiça e dessa maneira passar a ter paz com Deus e gozar o privilégio de estar em amizade com Ele. Deus pode ser o nosso pior inimigo ou o melhor amigo. Essa escolha cabe ao homem individualmente decidir.

10 - REGOZIJE POR VIVER EM COMUNHÃO COM O SACRIFÍCIO DE CRISTO -
Filipenses 3.10 Para conhecê-lo, e à virtude da sua ressurreição, e à comunicação de suas aflições, sendo feito conforme à sua morte; - Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a pela fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim. Gálatas 2:20
Paulo faz uma apaixonada expressão dos seus mais profundos anseios. O conhecer é experimentar o poder que flui da união com o Cristo ressurreto e penetrar na comunhão de seus sofrimentos que são todas as dificuldades a serem enfrentadas por causa de Cristo.  Vivemos na carne porque estamos ainda nesse corpo corruptível, até que um dia ele se revista da incorruptibilidade, ou seja, na nossa glorificação. Porém mesmo estamos nesse corpo, o crente deve viver na fé concentrado de que Cristo nos ama e se doou por nós. Ele fez a parte dele e espera de nós, que vivamos inteiramente para Ele.

Obs: Esboço é elaborado exclusivamente pelo texto da (Leitura Bíblica em Classe).

Elaborado pelo Pastor Adilson Guilhermel - Th.M.
 
Quer ajudar esta obra? Então faça sua doação por um dos meios abaixo.
Faça a sua doação por
um dos meios ao lado>
 
Banco Itaú  Agência 9184 
 Conta corrente  05524-3
 

A ATUALIDADE DOS CONSELHOS PAULINOS
Lição 7
- 18 de agosto de 2013
Texto Áureo
: Filipenses 3.1a Resta, irmãos meus, que vos regozijeis no Senhor.
Leitura Bíblica em Classe
: Filipenses 3.1-10

 DEZ CONSELHOS PELO QUAL DEVEMOS SEMPRE REGOZIJAR NO SENHOR

1 - REGOZIJEM NO SENHOR EM QUALQUER TIPO DE DIFICULDADE - Filipenses 3.1 RESTA, irmãos meus, que vos regozijeis no Senhor. Não me aborreço de escrever-vos as mesmas coisas, e é segurança para vós.- Mas alegrai-vos no fato de serdes participantes das aflições de Cristo, para que também na revelação da sua glória vos regozijeis e alegreis. 1 Pedro 4:13

2 - REGOZIJEM NO SENHOR DEFENDENDO O EVANGELHO DA GRAÇA - Filipenses 3.2 Guardai-vos dos cães, guardai-vos dos maus obreiros, guardai-vos da circuncisão; -
Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram os profetas que foram antes de vós. Mateus 5:12

3 - REGOZIJEM NO SENHOR SERVINDO AO REINO DIVINO NO ESPÍRITO - Filipenses 3.3 Porque a circuncisão somos nós, que servimos a Deus em espírito, e nos gloriamos em Jesus Cristo, e não confiamos na carne. - Não servindo à vista, como para agradar aos homens, mas como servos de Cristo, fazendo de coração a vontade de Deus; Efésios 6:6

4 - REGOZIJEM POR CONHECER E CRER NA FORÇA DO PODER DE DEUS - Filipenses 3.4 Ainda que também podia confiar na carne; se algum outro cuida que pode confiar na carne, ainda mais eu: - E qual a sobreexcelente grandeza do seu poder sobre nós, os que cremos, segundo a operação da força do seu poder, Efésios 1:19             

5 - REGOZIJEM POR TER SIDO CHAMADO ENTRE MUITOS ESCOLHIDOS - Filipenses 3.5 Circuncidado ao oitavo dia, da linhagem de Israel, da tribo de Benjamim, hebreu de hebreus; segundo a lei, fui fariseu; - Porque muitos são chamados, mas poucos escolhidos. Mateus 22:14

6 - REGOZIJEM POR TER SIDO LIBERTO DO TEMPO DA IGNORÂNCIA - Filipenses 3.6 Segundo o zelo, perseguidor da igreja, segundo a justiça que há na lei, irrepreensível. - Mas Deus, não tendo em conta os tempos da ignorância, anuncia agora a todos os homens, e em todo o lugar, que se arrependam; Atos 17:30

7 - REGOZIJEM POR DESPREZAR O PASSADO PARA VIVER POR CRISTO - Filipenses 3.7 Mas o que para mim era ganho reputei-o perda por Cristo. - Que, quanto ao trato passado, vos despojeis do velho homem, que se corrompe pelas concupiscências do engano; Efésios 4:22

8 - REGOZIJEM POR COMPREENDER QUE NADA É MELHOR QUE CRISTO - Filipenses 3.8 E, na verdade, tenho também por perda todas as coisas, pela excelência do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; pelo qual sofri a perda de todas estas coisas, e as considero como escória, para que possa ganhar a Cristo, - Porque, que aproveita ao homem granjear o mundo todo, perdendo-se ou prejudicando-se a si mesmo? Lucas 9:25

9 - REGOZIJEM POR TER ALCANÇADO FÉ PARA TER A JUSTIÇA DE DEUS - Filipenses 3.9 E seja achado nele, não tendo a minha justiça que vem da lei, mas a que vem pela fé em Cristo, a saber, a justiça que vem de Deus pela fé; - TENDO sido, pois, justificados pela fé, temos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo; Romanos 5:1 

10 - REGOZIJE POR VIVER NA COMUNHÃO DO SACRIFÍCIO DE CRISTO - Filipenses 3.10 Para conhecê-lo, e à virtude da sua ressurreição, e à comunicação de suas aflições, sendo feito conforme à sua morte; - Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a pela fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim. Gálatas 2:20

 
 
 
l