Escola Dominical Comentários EBD
Pastor Adilson Guilhermel

Esboços e Comentários das Lições Bíblicas CPAD 
2° Trimestre 2017 - O Caráter Cristão 
Home        Agenda       Lições        Esboços        Contato

Lição: 7 - Rute, Uma Mulher digna de Confiança
Data da aula: 14 de Maio de 2017
Trimestre: 2° de 2017
Texto Áureo: “[...] porque, aonde quer que tu fares, irei eu e, onde quer que pousares à noite, ali pousarei eu; o teu povo é o meu povo, o teu Deus é o meu Deus." (Rt 1.16)
Verdade Prática: Deus usou Rute, quebrando todos os paradigmas raciais, para torná-la parte da linhagem do Messias.
Leitura Bíblica em Classe: Rute 1.11,14 – 18

Introdução: A confiança se define como algo relacionado a si próprio, no sentido de convicção de enfrentar situações com determinação, e com certeza que tem capacidade de superá-las. Em relação a outros envolve acreditar na sua sinceridade, retidão moral, caráter e lealdade. Se a confiança que depositarmos em alguém for prejudicada, ela dificilmente poderá ser restaurada, isso porque se sofrermos uma decepção com alguém não vamos esquecer com facilidade. Se alguém que pensamos confiar for descoberto nos traindo, usando de má fé, mentindo, ou nos enganando, mesmo perdoando essa pessoa, nunca mais ela será confiável por mais que se esforce para isso. Isso porque uma confiança sendo abalada dificilmente ela será restaurada.

SEIS CARACTERÍSTICAS DE PESSOAS CONFIÁVEIS

1) São os que nos seguem pelo que somos, e não pelo que temos
Rute 1.11 Porém Noemi disse: Voltai, minhas filhas. Por que iríeis comigo? Tenho eu ainda no meu ventre mais filhos, para que vos sejam por maridos?
Ninguém está livre de infortúnios na sua trajetória de vida. Uma família constituída de um casal e dois filhos, para escapar da grande seca e fome em Israel decidiram migrar para a terra dos moabitas. Lá o filho Malon se casou com Rute e Quilon se casou com Orfa, ambas moabitas. Até aí estava tudo bem, porém tudo virou um grande desespero na vida de Noemi, quando seu marido Elimeleque veio a falecer, assim como também os seus dois filhos, sendo que a causa da morte deles ficou desconhecida. Diante desse infortúnio, Noemi viu-se num grande dilema quanto a que rumo ia dar a sua vida diante da situação desesperadora em que se encontrava. Noemi e o marido quando estabelecidos em Moabe transgrediram a lei permitindo que seus filhos casassem com mulheres estrangeiras. Por esse motivo Noemi não queria voltar para sua terra com duas mulheres estrangeiras, pois assim não precisaria dar explicações para as autoridades religiosas, as quais poderiam inquiri-la sobre essa transgressão a lei. "O que encobre as suas transgressões jamais prosperará; mas o que as confessa e deixa alcançará misericórdia" (Pv 28:13). Mas a sua insistência não surtiu o efeito desejado, pois uma das noras chamada Rute, nutria por Noemi uma amizade profunda e negou-se a atender o seu pedido para deixá-la. Isso porque, Rute seguia a Noemi pelo que ela era, e não por outro interesse. Uma amizade confiável não mira pelo que a pessoa tem, mas sim pelo que ela é.
2) São os que nos momentos angustiantes estão sempre conosco
Rute 1.14 Então levantaram a sua voz, e tornaram a chorar; e Orfa beijou a sua sogra, porém Rute se apegou a ela.
As murmurações de Noemi em relação a toda provação que havia passado e estava passando, ela atribui ao Senhor e ainda deixa para elas uma impressão que poderia sofrer do Senhor outras provações. Isso provavelmente influenciou na decisão de Orfa, que resolveu se despedir de Noemi e retornar para a sua terra. Não podemos lançar a culpa sobre Deus quando passamos por algum infortúnio, como também nunca devemos comentar isso diante de ninguém, principalmente para as pessoas que ainda estão fracas na fé. Orfa era uma dessas pessoas que se deixou influenciar pelas argumentações de Noemi. Toda essa falta de prudência da parte de Noemi acabou contribuindo para que ela se distanciasse do Reino de Deus, que já estava bem próximo se seguisse a sua sogra. Quem é digno de confiança e amigo de verdade nunca abandona o outro, não importando a situação que está passando.
3) São os que mesmo sendo tentado a se desencorajar não recuam
Rute 1.15 Por isso disse Noemi: Eis que voltou tua cunhada ao seu povo e aos seus deuses; volta tu também após tua cunhada.
Porém Rute era uma mulher que sabia compreender a dor e o sofrimento que estava passando e não levou em conta as argumentações da sua sogra, e se apegou a ela mais ainda. Rute não se deixou influenciar pela argumentação de Noemi para seguir o exemplo de Orfa. Porém ela tinha convicções próprias daquilo que acreditava e não se deixou influenciar pela desistência de Orfa. Rute após ter conhecimento do Deus de Israel, deixou de acreditar nos deuses dos moabitas e, esse era um dos motivos pelo qual estava decidida a prosseguir acompanhando a sua sogra Noemi. As provações são inevitáveis, principalmente para os seguidores do Senhor, mas todas elas são superáveis quando a nossa fé está voltada para Ele.
4) São os que são determinados em suas decisões e andam por fé
Rute 1.16 Disse, porém, Rute: Não me instes para que te abandone, e deixe de seguir-te; porque aonde quer que tu fores irei eu, e onde quer que pousares, ali pousarei eu; o teu povo é o meu povo, o teu Deus é o meu Deus;
O pouco conhecimento que Rute tinha do Deus de Israel já foi o suficiente para decidir habitar na terra do Senhor junto com o povo de Deus. Ao expressar a sua crença com essa declaração, ela estava testificando a sua conversão sem nenhuma vergonha de confessar a sua fé no Deus de Israel. Rute é um tipo de igreja e a sua conversão veio provar que acreditava na graça soberana de Deus, que opera com essa graça para a salvação dos pecadores. Convicta da sua fé no Deus de Israel, Rute não teve qualquer temor do que poderia lhe acontecer quando chegasse à cidade de destino acompanhada de Noemi. Essa declaração de Rute serve de exemplo para todo cristão, pois demonstra uma confissão sincera da sua fé num Deus a qual queria conhecer mais profundamente.
5) São os que estão sempre ao nosso lado em todas as situações
Rute 1.17 Onde quer que morreres morrerei eu, e ali serei sepultada. Faça-me assim o SENHOR, e outro tanto, se outra coisa que não seja a morte me separar de ti.
Na realidade Deus estava presente nas decisões que Rute tomou, pois estava na trajetória da semente da mulher (Cristo), pois veio a ser a bisavó de Davi. Assim de Moabe veio Rute; de Rute, Obede; de Obede, Jessé, de Jessé a Davi; e por intermédio de Davi seguindo nessa linhagem veio Jesus Cristo. A conversão de Rute apontava para o futuro quando os gentios com a rejeição dos judeus, também iriam fazer parte do plano de salvação divino, após a obra redentora de Cristo. Essa postura firme de Rute é um exemplo convincente de pessoas dignas de confiança.
6) São os que demonstram um caráter impecável em suas decisões
Rute 1.18 Vendo Noemi, que de todo estava resolvida a ir com ela, deixou de lhe falar.
A decisão de Rute tem uma similaridade com a de Abraão, quando trocou o certo pelo incerto, abandonando a segurança da sua terra e da sua parentela em resposta a ordem de Deus. Assim como Abraão ela entendeu que pela fé o incerto de Deus é, que é o certo. As decisões firmes de Rute diante de Noemi, a encorajou a levá-la consigo, como também a enfrentar todas as dificuldades que tivesse pela frente. Assim as duas mulheres encorajadas pela confiança mútua colocaram-se nas mãos do Senhor e partiram para começarem uma nova vida sem saber o que o destino lhes reservava.
As decisões que tomamos se estiverem dentro da vontade de Deus, elas nos levarão sempre ao caminho do sucesso. O crente se quiser ter vitória não pode andar por vista e sim pela fé, porque por vista somos indecisos, mas por fé somos decididos e, é isso que agrada a Deus.

Elaborado pelo Pastor Adilson Guilhermel.


  


ASSEMBLÉIA DE DEUS - Ministério Redenção -  Rua Frei Gaspar n° 3255 - Cidade Náutica  São Vicente - São Paulo
 Cultos: quarta, sexta e domingo a partir das 19h30. - Escola Dominical às 9h30 - Seja Bem-vindo.
Contato com o Pastor  Adilson