Escola Dominical Comentários EBD

Pastor Adilson Guilhermel - Esboços e Comentários da EBD
Lições Bíblicas da CPAD

Home
    Agenda     Lições EBD    Sermões    Contato
 
A FORMAÇÃO DO CARÁTER CRISTÃO
Lição: 1 - 2 de Abril de 2017
Texto Áureo: "Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou e se entregou a si mesmo por mim." (Gl 2.20)
Leitura Bíblica em Classe: Efésios 4.17-24

Introdução: O caráter de alguém é identificado pela definição da sua personalidade. Se a pessoa é dom bem e a sua maneira de agir e reagir às situações da vida é exemplar, então podemos dizer que essa pessoa é de um bom caráter. Se a pessoa é do mau e a sua maneira de agir e reagir às situações da vida não é exemplar, então podemos dizer que essa pessoa é mau caráter. O caráter do homem foi deformado no Jardim do Éden, quando Adão desobedeceu a uma única ordem de Deus, de não comer do fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal. Isso aconteceu quando Deus trabalhava na formação do caráter de Adão, para que ele fosse segundo a Sua imagem e semelhança. Porém, ao desobedecer à ordem divina, o seu caráter ficou totalmente deformado pelo pecado que entrou em sua vida. A partir daí, a sua posteridade, a qual descende toda a humanidade, já nasce com essa deformação de caráter, sendo que alguns já começam desde pequeno o desenvolvimento de um caráter íntegro e outros um caráter totalmente deformado. Adão começou sofrer a consequência do seu pecado perdendo a sua comunhão perfeita com Deus e depois já com os seus filhos, Abel e Caim teve que suportar a tragédia na família, quando o mau caráter Caim matou o bom caráter Abel. Paulo, quando ainda Saulo, era um homem egocêntrico que respirava maldade perseguindo os cristãos com demonstração de violência naquilo que fazia. Não tinha escrúpulos, não tinha compaixão ou qualquer lampejo de misericórdia quando se tratava de perseguir e maltratar a igreja de Cristo. Ele agia dessa maneira inescrupuloso pelo fato de ter um caráter totalmente deformado pelo pecado que habitava nele, caráter esse que não foi trabalhado de maneira correta na sua vida. Paulo, quando ainda Saulo se dizia um homem zeloso na lei de Moisés, mas as suas ações extrapolavam os preceitos dessa lei e quando se converteu na Estrada de Damasco naquele encontro com Cristo, ele pode entender que a sua suposta integridade sem Deus não valia nada. Isso ele declara quando diz estar crucificado com Cristo, pois foi a partir daí que o seu caráter totalmente deformado começou a ser restaurado quando Cristo passou a ser o Senhor absoluto da sua vida. Saulo o grande se transformou no Paulo, o pequeno. Só quem tem Cristo dentro de si pode se utilizar dele para se esforçar em levar uma vida regrada moralmente e agradável diante de Deus.
O QUE PRECISAMOS SABER SOBRE A FORMAÇÃO DO CARÁTER CRISTÃO
1 – A formação do caráter só será possível quando libertos do velho homem
Efésios 4.17 E digo isto, e testifico no Senhor, para que não andeis mais como andam também os outros gentios, na vaidade da sua mente.
Paulo exortou os cristãos efésios pela razão de alguns deles estarem se envolvendo em pecados praticados pelos gentios, sendo isso um problema de muita gravidade, que se não corrigido poderia incentivar outros a seguirem os mesmos exemplos dos que praticavam iniquidade. O Espírito Santo quer trabalhar em nosso caráter para que nos tornemos uma pessoa moralmente justa. Ele não faz isso por força ou por violência e sim quando nos conscientizamos dando lugar a Ele para que trabalhe em nosso caráter, o qual precisa ser aperfeiçoado e transformado e devemos entender que sem as suas operações não haverá qualquer mudança nesse sentido. Quando éramos gentios andando na vaidade da nossa mente, tudo era sem sentido e vazio, mas sendo cristãos não podemos andar mais como andávamos antes, pois a nossa vida com Cristo deve revelar uma transformação em todos os sentidos. Se tivermos a nossa meta em Cristo, nada em nossa vida será vaidade e sem sentido. É certo que enfrentaremos situações adversas incluindo dificuldades, mas tendo um caráter firme superaremos todas as coisas e isso é algo que tem valor diante de Deus, pois todas as provações acontecem pela sua permissão. É condicional para todo o crente que ele seja transformado conforme a imagem de Cristo, o qual é o primogênito entre muitos irmãos.
2 – A formação do caráter exige sair da escuridão causada pela incredulidade
Efésios 4.18 Entenebrecidos no entendimento, separados da vida de Deus pela ignorância que há neles, pela dureza do seu coração;
No mundo secular é possível encontrar muitas pessoas como sendo de bom caráter, ou seja, alguém com formação sólida e incontestável. Ainda dentro do mundo secular também a muitas pessoas como sendo de mau caráter, geralmente são qualificadas como desonestas, sem qualquer tipo de princípios morais. Em relação aos gentios não pode ser levado em conta em razão da sua ignorância às coisas de Deus, agora para o cristão o agravante é profundo, pois já não estão mais no tempo da ignorância. Isso significa que no mundo espiritual não é admissível que façam parte dele, pessoas sem caráter se identificando como cristão. Há pessoas que se convertem a Cristo e a sua conduta no princípio da fé até demonstra uma integridade aparente, porém nem todos seguem essa linha moral de uma forma evolutiva, pois as tentações são extremamente irresistíveis para quem não vigia e muitos acabam cedendo a elas.
3 – A formação do caráter não se dará em vidas sem restrição de consciência
Efésios 4.19 Os quais, havendo perdido todo o sentimento, se entregaram à dissolução, para com avidez cometerem toda a impureza.
Como um alguém que se diz cristão pode ser cínico, descarado e arrogante diante de Deus e dos homens demonstrando uma insensibilidade moral, sem qualquer restrição de consciência. Isso tudo é o resultado de uma pessoa que não procurou um aperfeiçoamento moral para ser identificado como um verdadeiro cristão. Aquele que se utiliza do evangelho para se auto promover ou tirar proveito de situações revela que o pecado corre desenfreado em sua vida. Envolvem-se na perda de todo sentimento aqueles que abandonam a Deus para continuar pecando ficando numa situação tão promiscua, ao ponto de Deus os abandonar aos seus próprios desejos pecaminosos. Esses são os crentes que se voltam para uma vida pecadora, e o mais grave é que alguns cometem esses atos congregando com os irmãos, ou liderando, sem qualquer sentimento de culpa, pois pela vida desenfreada que foi formada em si, adquiriu uma consciência cauterizada.
4 – A formação do caráter está em aprender de Cristo pelo Espírito Santo
Efésios 4.20 Mas vós não aprendestes assim a Cristo,
Vários homens de Deus, doutos na questão teológica deram a sua contribuição para a igreja de Éfeso no conhecimento dos preceitos divinos. Eles aprenderam a conhecer Cristo conhecendo-o como o verdadeiro Filho de Deus e por essa razão era indesculpável que esses cristãos não evoluíssem na sua formação no sentido de alcançarem um caráter íntegro e condizente com a sua profissão de fé. Aprender de Cristo é o que precisamos e isso requer de nós uma conscientização de que isso é essencial para a nossa evolução espiritual e para a formação de um caráter íntegro, a qual todo cristão que almeja ir para o céu deve se esforçar para ter. Quanto melhor a compreensão da palavra de Deus, melhor será o nosso conhecimento do Filho de Deus, pois toda escritura o revela de várias formas. Uma pessoa não convertida a Cristo tem uma mente obscurecida pela sua ignorância às coisas de Deus, mas para o cristão é inescusável viver na obscuridade. Como cristãos, tudo deve ser mudado em nossa vida, como uma nova maneira de pensar, de agir, de se comportar, de servir, pois adquirimos uma nova cidadania passando a ser novas criaturas em Cristo, e, portanto tudo que faz parte da velha criatura não deve mais controlar a nossa vida. Todos que são filhos de Deus são guiados pelo Espírito Santo, se não for assim, não há transformação de vida.
5 – A formação do caráter inexiste no incrédulo e espiritualmente ignorante
Efésios 4.21 Se é que o tendes ouvido, e nele fostes ensinados, como está a verdade em Jesus;
Cristo era o tema principal de tudo que os cristãos de Éfeso ouviram dos seus doutrinadores. Eles tiveram o privilégio de serem doutrinados pelo próprio apóstolo João, que aprendeu pessoalmente com Cristo o que ensinava a esses cristãos. Diante de tanta excelente doutrina que receberam seria inescusável para ele não haver uma verdadeira transformação de vida. Já havia naqueles tempos a influência dos falsos mestres que procuravam a todo custo implantar heresias no meio cristão com as suas sutilezas. Diante desses perigos que acercavam a igreja, Paulo enfatiza para que conhecessem mais de Cristo, pois é o maior conhecimento que alguém pode ter na sua vida. É o conhecimento verdadeiro que se opõe ao que o mundo pecaminoso ensina. O que aprendemos deve fazer diferença em nosso modo de vida, para sermos identificados como verdadeiros cristãos.
6 – A formação do caráter exige um total despojamento do velho homem
Efésios 4.22 Que, quanto ao trato passado, vos despojeis do velho homem, que se corrompe pelas concupiscências do engano;
O crente só pode se identificar como crente se os vestígios do velho homem deixaram de ser observados na sua conduta. O nosso modo de vida deve ser completamente novo e isso vem pelo conhecimento cada vez mais aprofundado do nosso Senhor Jesus Cristo. Antes éramos escravos do pecado aprisionados as coisas do mundo e sem qualquer esperança quanto a nossa vida pós-morte física. Mesmo ao nos convertermos a Cristo, ainda somos suscetíveis às tentações e aos males da nossa natureza pecaminosa. Por essa razão é que devemos renunciar a esse antigo modo de vida libertando-nos totalmente da velha natureza para não sermos identificados como os gentios. Se livrar dessa velha natureza não é fácil, por isso devemos combater qualquer coisa que apoie os desejos da antiga natureza. (Sabendo isto, que o nosso homem velho foi com ele crucificado, para que o corpo do pecado seja desfeito, para que não sirvamos mais ao pecado. Romanos 6:6).
7 – A formação do caráter exige mudança da mente carnal pela santificação
Efésios 4.23 E vos renoveis no espírito da vossa mente;
O novo homem deve seguir todos os passos para que venha se tornar à imagem e semelhança de Deus rejeitando conscientemente todo o antigo estilo de vida pecaminoso. Significa uma mudança do caráter corrompido pelas ilusões e desejos errôneos. Essa nova renovação mental só será eficaz sendo realizada de uma forma contínua da vida interior. Para esta renovação acontecer é preciso entender que ela não depende do nosso esforço, pois é uma obra do Espírito Santo em nosso espírito. Significa que ela não acontece do exterior para o interior e sim do interior para o exterior e somente o Senhor tem o poder de fazer isso. Para isso acontecer devemos nos render a total influência do Espírito Santo, caso contrário não existe transformação apenas pelos nossos próprios esforços.
8 – A formação do caráter exige aceitar a disciplina que segue a conversão
Efésios 4.24 E vos revistais do novo homem, que segundo Deus é criado em verdadeira justiça e santidade.
Para sermos participantes da natureza divina é necessário buscarmos ser segundo a imagem e semelhança de Deus. Precisamos compreender que essa operação vem pelos efeitos poderosos da palavra de Deus, quando operada em nossas vidas pelo Espírito Santo e isso acontece gradativamente como está escrito nas escrituras: (Mas todos nós, com rosto descoberto, refletindo como um espelho a glória do Senhor, somos transformados de glória em glória na mesma imagem, como pelo Espírito do Senhor. 2 Coríntios 3:18). É essencial que todo cristão se dedique diariamente na meditação da palavra, na oração, e na comunhão com Cristo, para que haja uma verdadeira transformação de vida. (Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a pela fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim. Gálatas 2:20).

Esboço e Comentário elaborado pelo Pastor Adilson Guilhermel - Th.M

 
ASSEMBLÉIA DE DEUS - Ministério Redenção -  Rua Frei Gaspar n° 3255 - Cidade Náutica  São Vicente - São Paulo
 Cultos: quarta, sexta e domingo a partir das 19h30. - Escola Dominical às 9h30 - Seja Bem-vindo.
Contato com o Pastor  Adilson