Home   Agenda   Escola Dominical   Estudos Bíblicos   Contato
Escola Dominical - Esboços da EBD

Lições do 4º Trimestre de 2013 - CPAD - Jovens e Adultos
  
 
 

Sabedoria de Deus para uma vida vitoriosa
A atualidade de Provérbios e Eclesiastes
 

O VALOR DOS BONS CONSELHOS

Lição 1 - 6 de Outubro de 2013

Texto Áureo: Provérbios 1.7 O temor do Senhor é o princípio do conhecimento; os loucos desprezam a sabedoria e a instrução.

Leitura Bíblica em Classe: Provérbios 1.1-6.

 

CINCO VALORES QUE SE ALCANÇAM COM BONS CONSELHOS

.

Introdução: De onde vêm os bons conselhos? Essa é uma pergunta que através de uma enquete com vários tipos de pessoas, teria uma diversidade de respostas. É certo que poucos teriam uma resposta correta a esse respeito, porém muitos estariam longe do esperado por essa pergunta. Mas qual seria a resposta correta para se definir o que são os bons conselhos. Partindo do princípio que a sabedoria só é alcançada através do conhecimento e entendendo que o conhecimento é a base para a progressão do nosso nível intelectual, então podemos deduzir que jamais alguém se tornará um sábio em qualquer assunto, se não buscar o conhecimento. O conhecimento secular é necessário para todos e quando alguém o busca seja em qualquer área e se especializa certamente desenvolverá sabedoria naquilo que se especializou. Porém essa sabedoria secular jamais chegará ao patamar da sabedoria espiritual. Agora, para se chegar a sabedoria espiritual é preciso buscar o conhecimento vindo pelos bons conselhos, e onde estão os bons conselhos? Entendemos que Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça; e isso é uma verdade absoluta a qual não podemos negar. Só que existem dois livros na bíblia que poderíamos ilustrar da seguinte forma; os navegadores no imenso oceano apesar de todo o conhecimento que possuem nesta arte, em determinadas situações geralmente de ordem climáticas perdem o rumo com as suas embarcações e quando isso acontece, o que mais eles anseiam é avistar a luz de um farol em algum ponto do oceano o qual lhe indicará o rumo certo para onde se destina. Assim também navegando nesse grande oceano de conhecimento que é a bíblia, assim também precisamos dessa luz que nos dá o rumo e a direção para o nosso destino final que é o céu. Podemos ver essa luz nos livros de Provérbios e Eclesiastes que nos proporcionam sábios conselhos para toda nossa maneira de viver. Assim podemos definir que os bons conselhos vindos do conhecimento espiritual nos conduzem a um patamar mais elevado a qual nenhum conselho do conhecimento secular poderá atingir.  
1. COMPREENSÃO DE DISCERNIR COM PRUDÊNCIA O CERTO E O ERRADO - Provérbios 1.2 Para se conhecer a sabedoria e a instrução; para se entenderem, as palavras da prudência.

* Quando há prudência com discernimento evitamos cair em erros - Hebreus 5:14 - Mas o mantimento sólido é para os perfeitos, os quais, em razão do costume, têm os sentidos exercitados para discernir tanto o bem como o mal.

O crente que busca o conhecimento da Palavra de Deus e procura seguir esse conhecimento e o coloca em prática, certamente vai dar mais lugar ao Espírito Santo o qual capacita o homem a ajuizar, sem reflexão e como que por intuição, o que é certo fazer em suas decisões; a bíblia diz que só os loucos desprezam a instrução e isso é uma repreensão duríssima para todos os crentes que desprezam os cultos de doutrinas e escola dominical, pois Deus os classifica como loucos por essa negligência tão grave. Quem age dessa forma não tem qualquer reverência para com Deus e também não tem qualquer princípio de sabedoria como diz a palavra. Ser omisso ao conhecimento das escrituras é uma irreverência muito grave, visto que elas são palavras de vida eterna. Quando há esforço e desejo pelo conhecimento, o Espírito Santo que é mestre por excelência tem todo prazer em nos ensinar, pois é algo que lhe agrada profundamente. Algumas pessoas ao invés de avançarem no conhecimento da palavra, esquecem os primeiros princípios que aprenderam quando na sua conversão e tendo comichão nos ouvidos quanto a sã doutrina deixam de progredir sob os meios da graça e acabam só perdendo com isso. É algo vergonhoso que crentes maduros ou até mesmo já de idade avançada, ainda se portem como crianças ou bebês em compreensão. Cristo não despreza os bebês na fé, isso enquanto ainda é bebê, porém não se pode continuar neste estado infantil. Devemos permanecer como crianças somente na malícia, mas em conhecimento devemos crescer para a nossa maturidade espiritual. Quem assim não procede está desprezando o conhecimento ficando classificado como louco.

2. ENTENDIMENTO PARA NÃO SE EMBARAÇAR EM VEREDAS TORTUOSAS - Provérbios 1.3 Para se receber a instrução do entendimento, a justiça, o juízo e a eqüidade;

* Quando procedemos com entendimento evitamos muitos tropeços - 1Coríntios 14:20 - Irmãos, não sejais meninos no entendimento, mas sede meninos na malícia, e adultos no entendimento.

Se fizermos um retrospecto da nossa vida poderemos entender em quantos embaraços já nos envolvemos e em quantos caminhos errados já entramos. Não basta sermos somente ouvintes da palavra, temos que ser praticantes, pois a palavra nos ensina a caminhar praticando a verdade, tomando decisões em favor do que é reto em todas as situações e mantendo uma vida equilibrada e sustentada pela verdade. Devemos ser inábeis em tudo o que for danoso a nós e a outrem, porém devemos hábeis na sabedoria e conhecimento que indicam que atingimos a maturidade. Os crentes inábeis e que se portam infantilmente gostam de novidades e aparências estranhas como eram os crentes de coríntios. Não podemos nos assemelhar a quem prefere o barulho e movimentos que não mostram o valor e a essência que o crente precisa para desenvolver a sua maturidade espiritual. Os desvios doutrinários são tropeços na palavra e tudo isso acontece por falta de conhecimento dos bons conselhos da Palavra de Deus. Os crentes de coríntios faziam muito barulho assim como os velhos meninos na fé dos nossos tempos gostam e correm atrás. No dia de Pentecoste diz que do céu veio um som e esse som se ecoou de tal forma que atraiu muita gente diante do cenáculo onde o poder de Deus se manifestava, local onde os discípulos oravam e buscavam o revestimento de poder prometido por Jesus. Notemos que no momento da manifestação de poder, ouve um som e não um barulho, pois o som vem na vertical, isso é, vem de cima, ou seja, do céu enviado por Deus e o barulho vem na horizontal, ou seja, vem do homem, pois está no plano terreno e não procede de Deus. Esses são os loucos que desprezam a são doutrina preferindo ficar nos desvarios de um falso poder.

 

3. SENSATEZ PARA TERMOS PRUDÊNCIA E PODERAÇÃO COM O PRÓXIMO - Provérbios 1.4 Para dar aos simples, prudência, e aos moços, conhecimento e bom siso;

* Quando buscamos instrução temos prudência em nossa conduta - Mateus 10:16 Eis que vos envio como ovelhas ao meio de lobos; portanto, sede prudentes como as serpentes e inofensivos como as pombas.

Quem é inexperiente e não procura mudar a sua situação buscando o conhecimento, se impressiona facilmente com palavras distorcidas preferindo mais as fábulas à verdade, e assim se torna uma presa fácil para homens de intenções malignas, ou seja, os lobos do evangelho. Precisamos mais e mais de conhecimento a cada dia para sabermos com toda certeza o caminho que devemos seguir, sem qualquer manipulação do homem. Somente um homem instruído tem o discernimento de saber separar as coisas boas para si descartando as coisas más. Ser um discípulo verdadeiro de Cristo levanta ódios e perseguição e só não sofre essas coisas quem não é um verdadeiro discípulo. Devemos ser prudentes como as serpentes e isso significa não nos expormos desnecessariamente em questões loucas, e sim usarmos com sabedoria para a preservação do verdadeiro evangelho da graça de Deus. Devemos ser prudentes para não atrair problemas ou cair em escândalos e se for preciso nos calar diante questões que não adianta debater, assim devemos proceder. Devemos nos esforçar para agir desse modo. Precisamos ser suaves, mansos e serenos tomando o exemplo das pombas, não fazendo mal a ninguém, sem qualquer raiz de amargura que é a razão de muitos males e deve ser evitado a qualquer preço.

4. CONSCIÊNCIA DE SER SÁBIO PRATICANTE E NÃO UM SÁBIO APRENDIZ - Provérbios 1.5 O sábio ouvirá e crescerá em conhecimento, e o entendido adquirirá sábios conselhos;

* Quando crescemos no conhecimento alcançamos mais experiência - Tiago 1:22 E sede cumpridores da palavra, e não somente ouvintes, enganando-vos a vós mesmos. 

O conhecimento é algo que nunca pode ficar estagnado, pois ele deve ser contínuo para que o homem aumente cada vez mais na sua erudição. Atingindo alguma compreensão é preciso que haja o desenvolvimento do discernimento para que se adquiram mais habilidades e isso exige um esforço que muitos não querem ter. Porém quem se esforça obterá dividendos do seu esforço, se tornando mais conhecedor e apto na palavra e na aplicação na sua vida diária. Não podemos ser ouvintes esquecidiços e sim ouvintes praticantes da palavra de Deus. A sabedoria se alcança quando colocamos e exercitamos tudo o que ouvimos da palavra de Deus. O que aprendemos interiormente devemos por em prática exteriormente. Se formos meros ouvintes estaremos enganando a nós mesmos. Não adianta encher a mente de conhecimento e ter um coração vazio de bons sentimentos e uma vida infrutífera de boas obras.  

5. CAPACIDADE PARA RESPONDER PERGUNTAS DE DIFÍCIL INTERPRETAÇÃO - Provérbios 1.6 Para entender os provérbios e sua interpretação; as palavras dos sábios e as suas adivinhações

* Quando nos capacitamos com afinco temos respostas confiantes – Colossences 4.6 A vossa palavra seja sempre agradável, temperada com sal, para que saibais como vos convém responder a cada um.

Todo ensinamento expresso por meio de palavras sábias, são de fácil compreensão daqueles que ouvem, os quais não precisam ter habilidades pessoais ou grau de escolaridade para aprendê-las. Salomão respondeu todas as perguntas feitas pela rainha de Sabá que veio prová-lo com questões difíceis e diz a bíblia que nada houve que não lhe pudesse esclarecer. Assim também foi com o etíope na estrada de Gaza, quando disse a Felipe acerca de um trecho da escritura a qual ele não entendia: (como poderei eu entender, se alguém não me explicar). Assim que entendeu ele se converteu a Cristo e foi batizado nas águas. Cada um é cada um, ou seja, há sempre uma resposta apropriada para um e outra para outro. Para isso é preciso que tenhamos sabedoria e graça para termos respostas a qualquer pergunta ou questionamentos de quem quer que seja. Os motivos da nossa fé devem ser respondidos com conhecimento e muita sabedoria, pois essa é uma forma de obtermos vantagens para a nossa causa a serviço do reino de Deus. Os que desprezam a doutrina a qual a bíblia classifica como loucos dizem que não precisam estudar porque o Espírito os faz lembrar e isso é um grande erro, pois o Espírito nos faz lembrar daquilo que estudamos e aprendemos.

 

Publiquei um esboço de sermão com o título: "Profetizando na Autoridade de Deus" >Clique Aqui


Obs: Esboço é elaborado exclusivamente pelo texto da (Leitura Bíblica em Classe).

Elaborado pelo Pastor Adilson Guilhermel - Th.M.
 
Gostaria de contar com a tua colaboração enviando uma doação que ajudará a suprir os custos do meu ministério. Eu tenho me esforçado por você e você pode se esforçar por mim?
Caixa Econômica Federal
Agência 1613 - Conta Corrente 942-7
 
Banco Itaú  Agência 9184 
 Conta corrente  05524-3
 
 

O VALOR DOS BONS CONSELHOS

Lição 1 - 6 de Outubro de 2013

Texto Áureo: Provérbios 1.7 O temor do Senhor é o princípio do conhecimento; os loucos desprezam a sabedoria e a instrução.

Leitura Bíblica em Classe: Provérbios 1.1-6.

.

CINCO VALORES QUE SE ALCANÇAM COM BONS CONSELHOS

.

1. COMPREENSÃO DE DISCERNIR COM PRUDÊNCIA O CERTO E O ERRADO - Provérbios 1.2 Para se conhecer a sabedoria e a instrução; para se entenderem, as palavras da prudência.

* Quando há prudência com discernimento evitamos cair em erros - Hebreus 5:14 - Mas o mantimento sólido é para os perfeitos, os quais, em razão do costume, têm os sentidos exercitados para discernir tanto o bem como o mal.

 

2. ENTENDIMENTO PARA NÃO SE EMBARAÇAR EM VEREDAS TORTUOSAS - Provérbios 1.3 Para se receber a instrução do entendimento, a justiça, o juízo e a eqüidade;

* Quando procedemos com entendimento evitamos muitos tropeços - 1Coríntios 14:20 - Irmãos, não sejais meninos no entendimento, mas sede meninos na malícia, e adultos no entendimento.

 

3. SENSATEZ PARA TERMOS PRUDÊNCIA E PODERAÇÃO COM O PRÓXIMO - Provérbios 1.4 Para dar aos simples, prudência, e aos moços, conhecimento e bom siso;

* Quando buscamos instrução temos prudência em nossa conduta - Mateus 10:16 Eis que vos envio como ovelhas ao meio de lobos; portanto, sede prudentes como as serpentes e inofensivos como as pombas.

 

4. CONSCIÊNCIA DE SER SÁBIO PRATICANTE E NÃO UM SÁBIO APRENDIZ - Provérbios 1.5 O sábio ouvirá e crescerá em conhecimento, e o entendido adquirirá sábios conselhos;

* Quando crescemos no conhecimento alcançamos mais experiência - Tiago 1:22 E sede cumpridores da palavra, e não somente ouvintes, enganando-vos a vós mesmos. 

 

5. CAPACIDADE PARA RESPONDER PERGUNTAS DE DIFÍCIL INTERPRETAÇÃO - Provérbios 1.6 Para entender os provérbios e sua interpretação; as palavras dos sábios e as suas adivinhações

* Quando nos capacitamos com afinco temos respostas confiantes – Colossences 4.6 A vossa palavra seja sempre agradável, temperada com sal, para que saibais como vos convém responder a cada um.

 

 
 
 
l