Home   Agenda   Escola Dominical   Estudos Bíblicos   Contato

Escola Dominical - Esboços da EBD
Lições do 4° Trimestre de 2014 - CPAD - Jovens e Adultos
 
Integridade Moral e Espiritual 
O legado do livro de Daniel para a Igreja hoje

A QUEDA DO IMPÉRIO BABILÔNICO
Lição 6 - 9 de novembro de 2014
Texto Áureo: Daniel 5.23 E te levantaste contra o Senhor do céu, {...} além disso, deste louvores aos deuses de prata, de ouro, de cobre, de ferro, de madeira e de pedra, que não veem, não ouvem, nem sabem; mas a Deus, em cuja mão está a tua vida e todos os teus caminhos, a Ele não glorificaste.
Leitura Bíblica em Classe: Daniel 5.1,2,22-30
 
AQUELE QUE ESTÁ EM PÉ CUIDE PARA QUE NÃO CAIA

Introdução: Ao longo da história impérios se levantaram e impérios caíram e, essa é uma condição que continuará também para tempos futuros. Todos os impérios dominantes quando caem dão lugar a outro império que será o próximo dominante. Por toda essa sequencia de impérios dominantes caindo e dando lugar para que outro império tome o poder; podemos presumir, é bom entender, digo presumir e não confirmar, que o próximo império a cair será os E.U.A., isso no tempo do arrebatamento da Igreja, pois no início da grande tribulação existem indicações de que a Rússia e seus aliados invadirão o oriente médio para apossar-se das suas riquezas. Se é a Rússia que a bíblia indica ser o poder dominante na primeira metade da grande tribulação, pela lógica os E.U.A. deixará de ser o poder dominante, pois a Rússia que é hoje o segundo poder dominante no mundo não poderia se levantar se os E.U.A., não cair. A Rússia quando invadir o oriente médio e investir contra Israel, será destruída pelos aliados do anticristo e também com intervenção divina, embora as honras da vitória sejam para o anticristo e isso por permissão divina, pois está dentro dos seus planos. Na segunda metade da grande tribulação já no seu final, se levantará o terceiro poder dominante que no mundo de hoje é a China, a qual se tornará o primeiro poder dominante após a destruição da Rússia e seus aliados. Assim a China e seus aliados marcharão junto com o anticristo para destruírem Jerusalém na conhecida batalha do armagedom onde o império chinês e o império do anticristo serão derrotados por Jesus Cristo. Assim inicia-se o império de Cristo, ou seja, o seu reino milenar, o qual jamais será destruído, pois é sempiterno.  

1 - Nunca se sinta em segurança quando o inimigo opera ao derredor - Daniel 5..1 O REI Belsazar deu um grande banquete a mil dos seus senhores, e bebeu vinho na presença dos mil.
O rei Belsazar orgulhava-se tanto de ter um reino considerado invencível aos seus olhos e aos olhos de muitos. Ele sabia que o exército dos medos e persas estava acampado fora da cidade de Babilônia, mas mostrou total descaso para o perigo que o inimigo representava, tanto que despreocupadamente promovia um grande banquete para ostentar sua riqueza e esplendor do seu reino. Porém o rei não imaginava que o Senhor frustra os desígnios das nações e anula os intentos dos povos. Todos participantes daquela festa concentravam-se em satisfazer a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida. Belsazar não considerou a revelação sobre a cabeça de ouro (Babilônia), a qual seria substituída pelo peito e braços de prata (os medos e persas). Assim em sua arrogância e falsa segurança, desafiava a vontade de Deus. Só encontramos segurança quando estamos sujeitando-nos a vontade de Deus, pois o inimigo está sempre ao derredor tentando nos derrotar.
2 - Nunca seja insano de profanar coisas sagradas que pertencem a Deus – Daniel 5.2 Havendo Belsazar provado o vinho, mandou trazer os vasos de ouro e de prata, que Nabucodonosor, seu pai, tinha tirado do templo que estava em Jerusalém, para que bebessem neles o rei, os seus príncipes, as suas mulheres e concubinas.
Há um limite para as pessoas desafiarem a vontade de Deus e blasfemar contra o seu nome. É preciso lembra que Deus é amor, mas também é fogo consumidor e, de Deus não se zomba. O comportamento de Belsazar e seus convidados usando desavergonhadamente os utensílios sagrados era uma afronta ao Deus de Israel. Porém o júbilo dos perversos não dura para sempre, pois a alegria do ímpio é momentânea. Belsazar não teve nenhum respeito por aquilo que era santo e profanou os vasos santificados. A reação divina diante dos desafios profanos que lhe faziam, seria interrompida, pois Belsazar provocou a ira divina com a sua conduta insensata. A palavra adverte, dizendo: não erreis; Deus não se deixa escarnecer.
 3 - Nunca ouse a desafiar os justos juízos que são decretados pelo Senhor - Daniel 5..22 E tu, Belsazar, que és seu filho, não humilhaste o teu coração, ainda que soubeste tudo isto.
Belsazar não se humilhou, para que a misericórdia de Deus viesse sobre ele. Mesmo tendo sido advertido pela Palavra de Deus e ciente do que poderia acontecer ao seu reino, ele não se arrependeu e com isso o castigo foi inevitável. Ao usar os utensílios do Deus verdadeiro para louvar os ídolos da Babilônia, o rei cometeu os pecados de blasfêmia e de idolatria. Belsazar agiu como se estivesse no controle e como se sua vida fosse durar ainda muitos anos mais ignorando que seu próprio folego era controlado pela mão de Deus. Pois nele vivemos, e nos movemos, e existimos. Temos visto no meio evangélico muitos líderes usando e abusando das coisas de Deus, induzindo o povo leigo a idolatria com heresias e objetos introduzidos nos cultos com a única finalidade de explorar o povo incauto.
 
4 - Nunca faça aquilo que pode vir a ofender a santidade do Deus eterno - Daniel 5..23 E te levantaste contra o Senhor do céu, pois foram trazidos à tua presença os vasos da casa dele, e tu, os teus senhores, as tuas mulheres e as tuas concubinas, bebestes vinho neles; além disso, deste louvores aos deuses de prata, de ouro, de bronze, de ferro, de madeira e de pedra, que não vêem, não ouvem, nem sabem; mas a Deus, em cuja mão está a tua vida, e de quem são todos os teus caminhos, a ele não glorificaste.
O rei se deixara cegar ante o castigo divino, pois se exaltou contra o Deus de Israel. Ele provocou intencionalmente o Senhor, com arrogância que chegou aos limites do extremo intolerável. Ao usar os utensílios do templo numa festa idólatra, constituiu-se uma profanação e sacrilégio imperdoável. Todos devem saber que a nossa vida está nas mãos de Deus e tudo aquilo que possuímos ou dependemos dizendo ser nosso, na realidade não é, pois todas as coisas pertencem a Deus. Se o homem reconhece isso, então ele demonstra que realmente é humilde, caso não reconheça, então demonstra que é soberbo e orgulhoso. Persistindo nessa condição um dia perderá tudo o que tem como diz a palavra: (Mas Deus lhe disse: Louco! esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado para quem será? Lucas 12.20).
5 - Nunca esqueça que Deus castiga com destruição repentina seja quem for - Daniel 5.24 Então dele foi enviada aquela parte da mão, que escreveu este escrito.
Em toda história mundial de todos os tempos, Deus continua a levantar e a derrubar com destruição repentina seja quem for não importante o poderio que esse reino possa ter. Quando a soberba de Belsazar se tornou irrecuperável e sua incredulidade intolerável, Deus não hesitou em lançar mão de seus instrumentos para executar o castigo desse rei que ousou desafiá-lo. A mão que apareceu sobrenaturalmente mostrava que a vingança do céu havia chegado, pois encheu a medida da longanimidade e misericórdia divina. Tem muitos líderes evangélicos que estão provocando a Deus com as suas heresias e orgulhosa soberba, mas esquece-se que os olhos do Senhor, estão sobre os justos e os injustos e aquele que usa de engano não ficará na sua casa.
6 - Nunca subestime o Deus de amor, pois Ele também é um Deus de juízo - Daniel 5.25 Este, pois, é o escrito que se escreveu: MENE, MENE, TEQUEL, UFARSIM.
Para que o rei Belsazar compreendesse que o seu tempo havia chegado ao fim, Deus escreveu palavras enigmáticas que só seria compreendida na revelação feita a Daniel. Assim Deus fixa um tempo definido para todos os reinos, assim também como para cada indivíduo.
7 - Nunca confiem no seu próprio pedestal, pois Deus poderá derrubá-lo - Daniel 5.26 Esta é a interpretação daquilo: mene: Contou Deus o teu reino, e o acabou.
O que muitos duvidam e não deveriam, é que não só reis e indivíduos vivem e morre segundo a vontade de Deus, como também qualquer império que se julgue o mais poderoso da terra. Diante desse fato devemos nos consolar e saber que os tiranos que tomam conta de um país, não perdurarão por muito tempo.
 
8 - Nunca esqueça que se formos faltosos Deus nos pesa em balanças fiéis - Daniel 5.27 TEQUEL: Pesado foste na balança, e foste achado em falta.
Deus pesa tudo, ou seja, a nossa fidelidade, o nosso andar, a nossa sinceridade, a nossa obediência e muito mais. Se o peso de tudo isso for positivo e agradar a Deus certamente viveremos debaixo das bênçãos divinas. Porém se o peso for negativo e desagradar a Deus, então o castigo divino poderá chegar subitamente. Assim Deus regula seus próprios juízos como segurasse a balança em suas mãos. Deus não faz nada de maneira confusa, e sim com moderação que não encontraremos nem a mais, nem a menos, pois Deus faz tudo na medida exata. Há homens que acham que podem pesar as suas vidas nas suas próprias balanças, mas somente a balança imparcial de Deus é que pesa e pesará todos os homens.
9 - Nunca confiem em tuas posses, pois Deus a tira e entrega a quem quer - Daniel 5.28 peres: Dividido foi o teu reino, e dado aos medos e aos persas.
Belsazar confiou na grandiosidade do seu reino, o qual jugava se intransponível e isso era o que aumentava o seu orgulho e a sua soberba. A Babilônia foi um dos impérios que dominou o mundo da época por muitos anos e com isso nem sequer imaginavam que poderiam ser derrotados. Desafiar e afrontar a Deus são a pior coisa que um reino, ou um líder pode fazer. Todos que usaram dessa ousadia caíram por terra e continuarão caindo todos os que agirem dessa maneira. O mundo com todos os seus impérios que existiram e os que existem, já souberam e saberão que é o Deus Altíssimo que reina no céu e na terra e cumpre sempre os seus propósitos. Ninguém, nação, líder ou indivíduo pode resistir por muito tempo ao Deus Altíssimo e vencer a batalha.
10 - Nunca pensem que pode se livrar do juízo divino agradando seu profeta - Daniel 5.29 Então mandou Belsazar que vestissem a Daniel de púrpura, e que lhe pusessem uma cadeia de ouro ao pescoço, e proclamassem a respeito dele que havia de ser o terceiro no governo do seu reino.
Belsazar mesmo sendo informado por Daniel do duro juízo que lhe sobreviria agiu contrariamente ao que poderia fazer com Daniel por lhe dar uma notícia tão terrível. Isto porque o rei poderia ter-se irado contra Daniel, porém estranhamente ele procurou honrar a Daniel e certamente pensando em si mesmo visando a sua própria segurança. Porém o que Deus proclamou a respeito do rei e do reino, era irrevogável e nenhum agrado ao seu profeta, o faria voltar a trás. A Bem Aventurança da nossa participação no reino celestial depende da nossa obediência e humildade de nos deixar governar pelo Todo Poderoso Deus.
11 - Nunca tente resistir a Deus, pois Ele pode levantar e também derrubar - Daniel 5.30 Naquela noite foi morto Belsazar, rei dos caldeus.
Naquela mesma noite enquanto Belsazar e os seus convidados se banqueteavam, o reino foi tomado por Ciro o rei da Pérsia e transferido para o rei dos medos, chamado Dario. O tempo de Belsazar havia acabado aqui na face da terra e de uma forma desonrosa por sua soberba e afronta ao Deus de Israel. Todos aqueles que cometem erros similares a esses não escaparão do juízo divino. Mais cedo, ou mais tarde o castigo vem e horrenda coisa é cair nas mãos do Deus vivo. (Assim diz o Senhor: Maldito o homem que confia no homem, e faz da carne o seu braço, e aparta o seu coração do Senhor! Jeremias 17:5).

Aguardem a publicação do comentário
Elaborado pelo Pastor Adilson Guilhermel Th.M.

Quer me ajudar a manter esta obra? É só enviar uma oferta pelos meios abaixo
Banco Itaú  Agência 9184 
 Conta corrente  05524-3
 
A QUEDA DO IMPÉRIO BABILÔNICO

Lição 6 - 9 de novembro de 2014
Texto Áureo: Daniel 5.23 E te levantaste contra o Senhor do céu, {...} além disso, deste louvores aos deuses de prata, de ouro, de cobre, de ferro, de madeira e de pedra, que não veem, não ouvem, nem sabem; mas a Deus, em cuja mão está a tua vida e todos os teus caminhos, a Ele não glorificaste.
Leitura Bíblica em Classe: Daniel 5.1,2,22-30

NENHUM IMPÉRIO FICARÁ DE PÉ, SO O DE CRISTO QUE SERÁ SEMPITERN0

I. TODO PROFANADOR DAS COISAS DE DEUS PAGARÁ MUITO CARO POR ISSO
1. Belsazar desafiou com zombarias e arrogância ao prometido juízos divinos - Daniel 5..1 O REI Belsazar deu um grande banquete a mil dos seus senhores, e bebeu vinho na presença dos mil.
2. Belsazar tratou sem qualquer respeito as coisas sagradas do Deus de Israel - Daniel 5..2 Havendo Belsazar provado o vinho, mandou trazer os vasos de ouro e de prata, que Nabucodonosor, seu pai, tinha tirado do templo que estava em Jerusalém,
3. Belsazar ignorou o juízo predito por Deus em profanar as coisas sagradas – Daniel 5.2b para que bebessem neles o rei, os seus príncipes, as suas mulheres e concubinas.
II. QUEM NÃO TEME E NÃO TREME DIANTE DE DEUS VERÁ SUA MÃO EM AÇÃO
1. Quando o dedo de Deus escreveu na parede Ele mostrou que atenta para as afrontas - (Daniel 5.5). Na mesma hora apareceram uns dedos de mão de homem, e escreviam, defronte do castiçal, na caiadura da parede do palácio real; e o rei via a parte da mão que estava escrevendo.
2. Quando a rainha lembrou-se do profeta Daniel, indicou que Deus usa quem Ele quer – (Daniel 5:10),. A rainha, por causa das palavras do rei e dos seus senhores, entrou na casa do banquete, e respondeu, dizendo: Ó rei, vive para sempre! Não te perturbem os teus pensamentos, nem se mude o teu semblante.
3. Quando Daniel foi diante de Belsazar, esse rei não deu crédito ao que estava por vir - (Dn 5.13). Então Daniel foi introduzido à presença do rei. Falou o rei, dizendo a Daniel: És tu aquele Daniel, um dos filhos dos cativos de Judá, que o rei, meu pai, trouxe de Judá?
III. SE DEUS DER A SENTENÇA QUEM SE LEVANTAR CONTRA ELE CAI POR TERRA
1. O rei ficou assustado com as palavras escritas na parede que os sábios não decifraram - (Daniel 5.15). Agora mesmo foram introduzidos à minha presença os sábios e os astrólogos, para lerem este escrito, e me fazerem saber a sua interpretação; mas não puderam dar a interpretação destas palavras.
2. Através de quatro palavras misteriosas o rei iria compreender que não se zomba de Deus - (Daniel 5.25). Este, pois, é o escrito que se escreveu: MENE, MENE, TEQUEL, UFARSIM. Daniel
3. Todo líder que desafia a Deus seu fim será trágico como foi o fim do império babilônico – (Daniel 5:30-31) Naquela noite foi morto Belsazar, rei dos caldeus. E Dario, o medo, ocupou o reino, sendo da idade de sessenta e dois anos.


Elaborado pelo Pastor Adilson Guilhermel
 
l