Escola Dominical - Esboços da EBD


Pastor Adilson Guilhermel

Página Inicial     Agenda     Escola Dominical     Estudos Bíblicos   Contato

 

Escola Dominical - Esboços da EBD
Lições do 4º trimestre de 2018
As Parábolas de Jesus – As Verdades e Princípios Divinos para uma Vida Abundante

Parábola: Uma lição para a vida

 

Lição 2- Para Ouvir e Anunciar a Palavra de Deus

TEXTO ÁUREO: "Mas o que foi semeado em boa terra é o que ouve e compreende a palavra; e dá fruto, e um produz cem, outro, sessenta, e outro, trinta." (Mt 13.23)

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE - Marcos 4.3-20

 

Introdução: Jesus quer ensinar a todos os seus seguidores através dessa parábola, que é a condição do solo que determina se a semente semeada vai vingar, ou não vai vingar. Isso vai depender de como cada pecador recebe a mensagem do evangelho, bem como do tipo de semeadura que está sendo semeada. O agricultor só obterá resultados satisfatórios em seu campo de cultivo, se tiver sido preparado para tal ofício. Assim também é para os que têm vocação para a evangelização, pois não basta ter somente boa vontade para tal atividade, isso pelo fato de que a evangelização requer preparação teológica para tal. Jesus preparou os seus semeadores durante três anos, nisso pensai.

 

OS QUATRO TIPOS DE SOLOS DIFERENTES NA SEMEADURA DA PALAVRA

 

1.  Quem semeia pode encontrar o solo do coração superficial

Marcos 4.3- Ouvi: Eis que saiu o semeador a semear. Marcos 4.4- E aconteceu que, semeando ele, uma parte da semente caiu junto ao caminho, e vieram as aves do céu e a comeram. Marcos 4.14- O que semeia semeia a palavra; Marcos 4.15- e os que estão junto ao caminho são aqueles em quem a palavra é semeada; mas, tendo eles a ouvido, vem logo Satanás e tira a palavra que foi semeada no coração deles.

Jesus é o semeador, e a igreja foi ordenada pelo Seu “Ide” a dar continuidade a sua semeadura após o cumprimento da Sua missão salvífica aqui na terra. Jesus em Seu ministério semeou a palavra em vários lugares, e conforme a parábola em muitos solos diferentes. Mesmo Ele encontrou resistências de muitos indivíduos na aceitação da Sua Palavra, porém mesmo enfrentando todas as dificuldades em sua semeadura, Ele nunca desistiu, ou esmoreceu na sua obra evangelizadora. Desde Cristo a preciosa semente tem sido lançada em grandes quantidades e, é motivo de tristeza que a maioria dessas sementes acaba se perdendo devido a superficialidade de muitos indivíduos, ignorando o destino terrível que aguarda a todos os que resistem. Essas almas insensíveis e desatentas não percebem que o Diabo é como as aves que levam a semente antes que as pessoas se dê conta dela.

2. Quem semeia pode encontrar o solo do coração insensível.

Marcos 4.5- E outra caiu sobre pedregais, onde não havia muita terra, e nasceu logo, porque não tinha terra profunda. Marcos 4.6- Mas, saindo o sol, queimou-se e, porque não tinha raiz, secou-se. Marcos 4.16-E da mesma sorte os que recebem a semente sobre pedregais, que, ouvindo a palavra, logo com prazer a recebem; 17- mas não têm raiz em si mesmos; antes, são temporãos; depois, sobrevindo tribulação ou perseguição por causa da palavra, logo se escandalizam.

A insensibilidade de um indivíduo é como uma semente lançada num pedregal, pois não produz resultados esperados em razão de uma fé estéril e fingida com um coração endurecido, o qual não permite a evolução da sua espiritualidade. Nesse caso não há uma conversão verdadeira, pois a falta de equidade no coração do indivíduo é abundante e a sua vida espiritual é somente de aparência, sem que a palavra produza qualquer efeito transformador. A evangelização não pode persuadir o indivíduo de que após a sua conversão a Cristo a vida será totalmente de plena felicidade e sem qualquer problema. Isso é um puro engano que causa uma falsa ilusão de felicidade e prosperidade na mente do indivíduo que poderá por tudo a perder nessa vida. Ela certamente aceitará com alegria a Palavra de Deus, mas deve saber sobre o preço que deve ser pago para se tornar um verdadeiro cristão e compreender que quando vierem as perseguições e dificuldades deve resistir para não esfriar o seu entusiasmo.

3. Quem semeia pode encontrar o solo do coração materialista.

Marcos 4.7- E outra caiu entre espinhos, e, crescendo os espinhos, a sufocaram, e não deu fruto. Marcos 4.18- E os outros são os que recebem a semente entre espinhos, os quais ouvem a palavra; Marcos 4.19- mas os cuidados deste mundo, e os enganos das riquezas, e as ambições de outras coisas, entrando, sufocam a palavra, e fica infrutífera.

A alma a ser semeada com a Palavra de Deus, deve saber que a vida cristã é algo que envolve a espiritualidade e não o materialismo. Jesus disse para buscarmos primeiramente o reino de Deus, que as demais coisas nos serão acrescentadas. Isso já desmascara o enganoso evangelho materialista que tem se alastrado por todos os cantos do mundo, como também tem sido um grande mal para o reino de Deus. Os enganos sobre prosperidade e riquezas pode afetar a profissão de fé do indivíduo, pois se a sua mente for sugestionada pelo homem, de que deve ganhar lucros em tudo, este acabará sofrendo uma grande decepção. O desejo desenfreado por outras coisas podem ser agradáveis aos sentidos e as ilusões, mas são destrutíveis para os que se envolvem totalmente nisso. A boa semente nunca encontrará espaço nesses corações abarrotados de ilusões para se desenvolver.

4. Quem semeia pode encontrar o solo do coração receptivo.

Marcos 4.8- E outra caiu em boa terra e deu fruto, que vingou e cresceu; e um produziu trinta, outro, sessenta, e outro, cem. Marcos 4.20- E os que recebem a semente em boa terra são os que ouvem a palavra, e a recebem, e dão fruto, um, a trinta, outro, a sessenta, e outro, a cem, por um.

O solo bom significa que é um coração receptivo a palavra de Deus e sendo ela semeada nesse tipo de solo, certamente ela vai se desenvolver e os frutos esperados acabarão se revelando. Os sinais produzidos por uma semente implantada na alma do indivíduo é uma vida transformada, o que é uma evidência de uma verdadeira conversão. É bom entender que nos três solos improdutivos, a participação de Satanás não pode ser ignorada, pois ele usa de todos os seus meios para manter as almas presas nas suas durezas de coração. Daí, a necessidade de que, quem semeia a palavra saiba fazê-lo com habilidade, preparação e conhecimento da Palavra de Deus.

5. Quem tem ouvidos para ouvir ponha em prática essa parábola.

Marcos 4.9- E disse-lhes: Quem tem ouvidos para ouvir, que ouça. Marcos 4.10 - E, quando se achou só, os que estavam junto dele com os doze interrogaram-no acerca da parábola. Marcos 4.11- E ele disse-lhes: A vós vos é dado saber os mistérios do Reino de Deus, mas aos que estão de fora todas essas coisas se dizem por parábolas, Marcos 4.12- para que, vendo, vejam e não percebam; e, ouvindo, ouçam e não entendam, para que se não convertam, e lhes sejam perdoados os pecados. Marcos 4.13 - E disse-lhes: Não percebeis esta parábola? Como, pois, entendereis todas as parábolas?

Nesses quatro tipos de solo aprendemos dentro de uma proporção de três solos difíceis e apenas um fácil, o quanto é necessário a persistência na semeadura do Evangelho aos indivíduos. Todos podem ter acesso à palavra e quem deseja aprimorar os seus conhecimentos certamente será bem sucedido, desde que tenham a humildade de entender que para isso deve ter noção da sua própria ignorância. Quem assim não pensa está enquadrado em algum dos tipos de solos ruins, pois despreza os privilégios de terem uma vida espiritual satisfatória. Para que haja a conversão verdadeira é necessário ter um coração receptivo, ou seja, a terra boa que Jesus ilustra na parábola, pois só assim é que haverá o perdão dos pecados através da expiação realizada pelo sangue do Senhor. Os solos ruins se continuarem assim nunca terão a felicidade de experimentar uma nova vida com Cristo.


Comentarista: Pastor Adilson Guilhermel
QUER AJUDAR ESTA OBRA? Então clique no botão abaixo e envie uma oferta

Contato 
l