Página Inicial     Agenda     Escola Dominical     Estudos Bíblicos   Contato
 

Escola Dominical - Esboços da EBD
Lições do 3º trimestre de 2018
Adoração, Santidade e Serviço
Os princípios de Deus para a sua Igreja em Levítico

 

A Beleza e a Glória do Culto Levítico

Lição 2 - 8 de Julho de 2018

Texto Áureo: Levítico 9.23 Então entraram Moisés e Arão na tenda da congregação; depois, saíram e abençoaram o povo; e a glória do Senhor apareceu a todo o povo.

Leitura Bíblica em Classe: Levítico 9.15-24

Introdução: Na realidade o culto levítico era preparado e oficializado pelos encarregados de exercer o ministério sacerdotal, na ministração do culto tributado a Deus pelos israelitas. Os membros da tribo de Levi eram separados por Deus para servir-lhe cuidando das coisas sagradas e realizarem os ofícios religiosos, isso segundo os preceitos das leis cerimoniais entregues por Deus a Moisés. A beleza desse culto é porque apontava e conduzia o povo para a obra de Jesus Cristo na cruz.

 

RITOS PARA A BELEZA E A GLÓRIA DO CULTO LEVÍTICO

 

1.  Os sacrifícios expiatórios tinham a finalidade de reparar os pecados.

Levítico 9.15 Depois fez chegar a oferta do povo, e tomou o bode da expiação do pecado, que era pelo povo, e o degolou, e o preparou por expiação do pecado, como o primeiro.

O Sumo Sacerdote para oficializar a expiação do povo tinha que fazer expiação por si mesmo, para estar qualificado a agir em favor dos israelitas. Isso se contrasta com Cristo, o nosso Sumo Sacerdote, o qual, por não ter pecado próprio, não teve necessidade de fazer expiação por si mesmo. Sem esse rito, a glória de Deus não se manifestaria e o culto não seria aceito. (Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça. I João 1.9).

2. O animal oferecido em holocausto levava o pecado do seu ofertante.

Levítico 9.16 Fez também chegar o holocausto, e ofereceu-o segundo o rito.

O padrão para o culto de Israel ao Senhor estava condicionado ao cumprimento exato das leis cerimoniais. Nessa lei era exigido que o Sumo Sacerdote fizesse expiação do pecado por si próprio, pois se fosse feito com relaxamento, o sacerdote poderia até ser morto através do juízo divino. Ninguém, nem mesmo o Sumo Sacerdote, poderia prestar um culto a Deus sem que primeiro fosse feito o sacrifício expiatório, tanto por Ele, como também pelo povo. O culto que a igreja presta a Deus envolve entre outras coisas essa condição: (Romanos 12.1 Portanto, irmãos, rogo pelas misericórdias de Deus que se ofereçam em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus; este é o culto racional de vocês).

3. Os frutos da terra eram oferecidos em dedicação ao Deus provedor.

Levítico 9.17 E fez chegar a oferta de alimentos, e a sua mão encheu dela, e queimou-a sobre o altar, além do holocausto da manhã.

Era uma devoção costumeira realizada, tanto pela manhã, com a tarde, quer sozinho, ou acompanhado pela família, a qual não podia ser omitida, sob qualquer pretexto. Era também uma devoção de gratidão pelas bênçãos alcançadas nas boas colheitas nos seus campos de cultivo. Essa gratidão não pode ser esquecida em nossas devoções ao Senhor, seja no pouco, ou no muito. (“Em tudo, dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco.” 1Tessalonicenses 5:18).

4. Os sacrifícios pacíficos eram voltados à paz entre o homem e Deus.

Levítico 9.18 Depois degolou o boi e o carneiro em sacrifício pacífico, que era pelo povo; e os filhos de Arão entregaram-lhe o sangue, que espargiu sobre o altar em redor.

Os sacrifícios pacíficos eram oferecidos para expressar gratidão por bênçãos recebidas. Os ofertantes também expressavam adoração e louvores a Deus com toda racionalidade para que o culto fosse aceito. Dentre as três espécies de ofertas, havia a de gratidão, por votos e voluntárias, sendo a mais destacada era a de gratidão. (Sacrifícios pacíficos tinha eu de oferecer; paguei hoje os meus votos. Provérbios 7.14).

5. A gordura queimada subia como cheiro suave e agradável a Deus.

Levítico 9.19 Como também a gordura do boi e do carneiro, a cauda, e o que cobre a fressura, e os rins, e o redenho do fígado. Levítico 9.20 E puseram a gordura sobre os peitos, e queimou a gordura sobre o altar;

A oferta queimada consistia que todo o animal era consumido em chamas. A gordura pertencia a Yahweh e era queimada sobre o altar, tal como sucedia à cauda gorda do carneiro. Ela ascendia a Deus em cheiro suave e agradável ao Senhor. Ela simbolizava inteira consagração, sendo que nada era retido, pois se entregava tudo a Deus. (Seja a minha oração como incenso diante de ti e o levantar das minhas mãos como a oferta da tarde. Salmos 141.2).

6. As ofertas movidas eram dadas como agradecimento e comunhão.

Levítico 9.21 Mas os peitos e a espádua direita Arão ofereceu por oferta movida perante o Senhor, como Moisés tinha ordenado.

A gordura do boi a do carneiro, além das outras porções, eram movidas e então postas sobre o altar, a fim de serem queimadas. Era uma oferta de gratidão pelo suprimento recebido do Deus provedor, fonte originária de todas as coisas, o qual é digno de nosso constante agradecimento. As ofertas movidas eram apresentadas a Deus, como uma demonstração de servidão, paz e compromisso. Essas ofertas deveriam ser levadas ao Senhor com o espírito de arrependimento e confiança, conforme os seus preceitos. (Vamos à presença dele com ações de graças; vamos aclamá-lo com cânticos de louvor. Pois o Senhor é o grande Deus, o grande Rei acima de todos os deuses. Salmos 95:2-3).

7. A bênção do sacerdote tipificava o Jesus abençoando a sua igreja.

Levítico 9.22 Depois Arão levantou as suas mãos ao povo e o abençoou; e desceu, havendo feito a expiação do pecado, e o holocausto, e a oferta pacífica.

A bênção sacerdotal apontava para a finalização de todo o ritual, o qual envolvia todas as ofertas oferecidas, quando o Sumo Sacerdote erguia as mãos e proferia bênção sobre o povo. As bênçãos de Arão levavam o povo simbolicamente a presença do Senhor, para que recebessem as suas bênçãos. Isso era condicional se todo o ritual fosse totalmente eficaz diante de Deus. As bênçãos divinas só chegam até nós através do único mediador entre Deus e os homens, que é o Senhor Jesus Cristo. (Lucas 24.50 Tendo-os levado até as proximidades de Betânia, Jesus ergueu as mãos e os abençoou. 51 Estando ainda a abençoá-los, ele os deixou e foi elevado ao céu).

8. A glória do Senhor se manifesta quando tudo é feito ao seu agrado.

Levítico 9.23 Então entraram Moisés e Arão na tenda da congregação; depois saíram, e abençoaram ao povo; e a glória do Senhor apareceu a todo o povo.

Após as bênçãos serem proferidas ao povo havia a bênção derradeira que seria ministrada por Arão e Moisés, após saírem do lugar Santo onde queimaram incenso sobre o altar de ouro. Assim após todo o serviço espiritual realizado no lugar santo, Arão e Moisés proferiram a segunda bênção sobre o povo e nesse momento a glória do Senhor se manifestava visivelmente. (Se vocês são insultados por causa do nome de Cristo, felizes são vocês, pois o Espírito da glória, o Espírito de Deus, repousa sobre vocês. 1 Pedro 4:14).

9. O fogo tipifica o Espírito Santo fazendo do culto algo belo e glorioso.

Levítico 9.24 Porque o fogo saiu de diante do Senhor, e consumiu o holocausto e a gordura, sobre o altar; o que vendo todo o povo, jubilaram e caíram sobre as suas faces.

O fogo vindo de Deus consumira os sacrifícios que haviam sido postos sobre o altar. Quando isso acontecia nesses rituais, significava a aprovação do Senhor, por tudo ter sido realizado conforme os seus preceitos. Esse fogo para nós, igreja do Senhor Jesus Cristo, significa a presença do Espírito Santo se manifestando em nosso interior, visto que somos seu templo. (Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?  1 Coríntios 6:19).


Comentarista: Pastor Adilson Guilhermel
QUER AJUDAR ESTA OBRA? Então use uma das contas abaixo e envie uma oferta
Caixa Econômica Federal - Agência 1613 - Conta Corrente 942-7 Banco Itaú - Agência 9184 - Conta corrente 05524-3

Fale com o pastor: [email protected]
l